- »

maio 24, 2013

Le Rendez-Vous

_Você não vai voltar pra lá, não, ô?! Tá todo mundo te xingando já lá embaixo... – a Lê deu-me bronca pelo sumiço, que agora já passava de uma hora – ...e oi, você não lembra de mim, né. Eu sou a amiga que essa vaca está tentando esconder junto com as outras.
_E com MOTIVO, não é, Letícia?
_Ih. Motivo nenhum, hein... – me contradisse, assegurando o seu bom-mocismo. Aham, tá bom.
_Lembro, sim... – a Mia riu – ...vamos para lá, então.

Péssima ideia. Mas acompanhamos a Lê até o andar de baixo, onde as garotas nos esperavam, curiosas pela Mia. Ou melhor prestes a me fazer arrepender daquela decisão. Nos sentamos na pequena varanda, junto a elas; as caixas de som tocavam um Johnny Cash qualquer. Todas nos olharam, mudas. Incertas de por onde começar a puxar assunto. E a Mia as cumprimentou um tanto distraída, sentando ao meu lado em seu shorts jeans rasgado. As tatuagens à mostra nas pernas. Uma nada sóbria Camila fez então o primeiro comentário – “e você tão juntas ou o quê?”, disparou, assim sutil.

_Cá, menos... – pedi.
_Pois é – a Lê logo se intrometeu, dando uma de desentendida –. Você não tava com um cara na Sarajevo?!
_LETÍCIA! Caralho.

A olhei, realmente irritada. E a Mia achou graça.

_Tudo bem... – disse, nada constrangida – Era eu, sim.
_Mas você ainda tá com ele? – a Camila continuou, de propósito; no fundo, eu sabia que todas elas preferiam a Clara à  minha-dor-constante com a Mia e isto transparecia.
_Você é hétero, então?! – a Ana sugeriu, colocando um copo na mesa.
_Na boa, você não precisa responder. Elas estão sendo idiotas.
_Não tem problema... – a Mia riu – ...tá tudo bem, mesmo. E é, na verdade, ainda estou com ele. Oficialmente, pelo menos. Mas o nosso namoro meio que está acabando...

Está?

_Sei – a Lê retrucou, incrédula.
_Acho ótimo – a Marina comentou então, um pouco mais distante e abraçada à advogada –. Ela gosta muito de você, sabe?
_Ok. É isto. Já chega!

Me levantei, nem cinco minutos depois de termos nos sentado. “Acabou a graça”. Puxei a Mia pela mão, fazendo com que viesse comigo – “vocês não sabem ficar quietas, porra, que saco!”. “O que foi que eu fiz?”, a Marina sorriu, claramente se divertindo, “é tudo verdade, Mia. Gosta mesmo”. Eu quis matá-la naquele mesmo instante, argh. A Mia ria. “Ótimo. Sabe, vocês são um bando de crianças. Na boa. Não dá. Eu vou pra lá!”, resmunguei, constrangida pela ceninha delas. Todas me zombaram então, é óbvio, em um coro – “ooooooooohhh” –, achando graça. Empurrei a Mia escada acima.

_Desculpa. Sério mesmo. Elas são muito babacas.
_Não achei ruim... – a Mia riu, agora de volta comigo ao mesmo canto no terraço – achei engraçado, mas só, foi tranqüilo.
_Engraçado?! –balancei a cabeça, puxando o maço do bolso.

Tirei o segundo cigarro da noite, entre os dedos. E me apoiei numa das muretas que davam para a rua, ali embaixo, tragando. A Mia ajeitou uns fios soltos da sua trança, colocando-os atrás da orelha com certa delicadeza – havia uma brisa morna e leve no ar. Quis perguntar-lhe algo, mas hesitei. Tive medo da resposta. O contorno da sua boca parecia atrair os meus olhos – e os de algumas outras ali, no Flamingo –; aquela garota era um fenômeno. Fascinante. A observei por algum tempo, então disse:

_Você falou mesmo sério, aquela hora? – tentei ser simpática – Ou só estava querendo impressionar as meninas?!
_Em que hora?
_Lá embaixo. Sobre o seu namoro e o Fer.
_E o que você acha? – ela me olhou, roubando o cigarro das minhas mãos.
_Não sei. Você não disse nada sobre isso a semana toda...
_Bom, eu estou aqui. Não estou?
_...

Abaixei a cabeça. Isto não responde nada, pensei inquieta, em silêncio, observando o movimento na calçada. A Mia se apoiou também na mureta, parada ao meu lado. E então murmurou, agora mais séria, sem voltar o rosto à minha direção.

_Já está na minha cabeça faz um tempo. É só que... não é fácil e, sei lá. Mas eu sei que eu preciso falar com ele, eu vou falar, já decidi. Argh! – trombou com a lateral do corpo em mim, frustrada – Você me prometeu que a gente não ia falar de bad hoje, meu.  
_Eu não prometi nada disto! – ri, indignada.
_Não é justo. Prometeu, sim. Você tá cheia de frescura, velho! Tá sendo um saco conversar com você esta semana... Já chega. Chega desse assunto.
_Tá bom... – achei graça.

A Mia forçou o corpo sobre a mureta, olhando mais adiante no movimento que vinha da Augusta. Me ignorando. E o silêncio permitiu que os sons das mesas – casais e outros grupos de meninas –, atrás de nós, chegassem aos nossos ouvidos. Balancei o corpo na sua direção, empurrando-lhe de volta com o ombro. E ela riu, eu também. O som das caixas no andar de baixo ressoava sem muita força, competindo com o terraço. Chérie chérie j'en rêve la nuit. As melodias insólitas do Manu Chao se misturavam com as conversas paralelas. Sentia o meu humor instantaneamente melhor; animada. Podia dançar com ela a noite toda, ali mesmo.

_Quantas garotas – sussurrei-lhe então –, me diz, você já beijou em público? – aproximei os lábios do seu pescoço e mordi a pontinha da sua orelha; a Mia se contorceu. E eu sorri.

28 comentários:

Anônimo disse...

ai ai ai ai ai *-*, elas tão mt cute :B

Anônimo disse...

AHHHHHHHH ela ja beijou UMA na festa!!! na frente do Fer... mas acho q a Mia nao vai responder de fato a pergunta e cortar o clima!!!

e dpsde tantos f5, me sinto realizada com meu ingresso pro muse na mao. beijow

Anônimo disse...

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!! Ela se decidiu pela FM <333 caiu uma lagrima aqui. to emocionada. AHHH!!!!!! QUERO ABRAÇAR AS DUAS PORRA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

agora vai, lindas! ♥

Anônimo disse...

Aaaah que post lindo! Manu Chao <333333

Anônimo disse...

Porque tão perfeitas? <33333333

Anônimo disse...

Ler o post todo com um sorriso nos lábios. ..
Tá tudo tão lindo, que tenho até medo! "/

Anônimo disse...

Ai mds, que lindassssss

Anônimo disse...

Eeeeeeeepá!

Alô, alô recaída!

ari queiroz disse...

Ela nao se decidiu. Nornal de Mia. Ela pode mudar amnha, ou depois... Ainda prefiro a Clara

Ianca' disse...

Quantos sorrisos que eu to dando aqui feito uma boboca, parece até que a Mia me escolheu de tão feliz que tô. E sei que não é algo definitivo, mas foi tão lindo. Porra, eu amo o blog.
Parabéns, muito obrigada, Mel.

Bruna disse...

aaaaah Mia <33 fez minha sexta feira mais feliz. s2

@livia_skw disse...

Duas? A FM no desafio e uma outra numa festa...

Anônimo disse...

SOS! Mais Mia, por favor! Adorando esse clima.

Pathy disse...

eu fico até emocionada de ver essas duas, e MIA, plmdds, escolhe a FM logo!

(Eu sei, eu sei.. mas meu caso com a Mia e de amor e ódio. hahahhaha)

e ela beijou duas garotas, como a lívia disse :)

sara disse...

Quando eu comecei a ler fucking mia, creio que foi pelo fim de 2010, quando eu tinha acabado de fazer 18 anos, mais ou menos, acho. Enfim, quando eu lia nessa época, eu pensava "caramba, como a FM é foda, ela consegue tudo que quer!" e coisas do gênero.
Li o blog por algum tempo mais e aí parei porque não sou muito boa em acompanhar aos poucos...
Mas mês passado eu senti uma vontade ABSURDA de voltar a ler, não sei o que me deu, eu só abri a página e resolvi reler tudo, senti falta! Em duas semanas eu já havia lido 2009, 2010, 2011 e metade de 2012, hahaha. Até durante as minhas aulas, eu ficava lendo fucking mia pelo celular, meus colegas de classe já estavam me criticando. E, bom, fico muito, muito feliz mesmo de ter sentido essa vontade, porque essas duas semanas foram intensas, não parava de pensar na história, ficava animada, esquecia do meu caos pra pensar no caos da FM. E, uma coisa que eu achei curiosa, foi que agora, com o tempo... eu não gosto nem um pouco da FM. Só consigo vê-la machucando pessoas incríveis e estacionar na vida enquanto faz isso. Todavia, eu me apaixonei MUITO, MUITO MEEEESMO, pela Marina. Nossa, fico viajando pensando no quanto a Marina é incrível, tudo que eu admiro, e ninguém sabe apreciá-la como merece. E ah, é claro, devo admitir que também me apaixonei pela Clara. É engraçado isso, como você muda a forma de ler algo de acordo com a sua maturidade. Acho que daqui uns 3 anos vou estar relendo e vendo com quem me identificarei.
Acabei de ler todas as postagens agora, demorei um pouco nas últimas porque fiquei com muita raiva da FM pelo que ela fez com a Clara, oeiaoaeio, mas o que eu quero dizer é: MUITO, MUITO, MUITO OBRIGADA, autora :)))
Você fez esses meus últimos dias muuuuito mais felizes, me fez refletir bastante, me fez printar uns trechos pra ficar olhando e passar meia hora divagando sobre eles. E até me aconselhou indiretamente. Ler esse blog me fez muito bem mesmo.
E ontem, por exemplo, uma amiga me chamou de flor e eu "AI, MARINA *-*", e ela já sabia a quem eu estava me referindo de tanto que eu fiz propaganda positiva dessa história. Oieoaiaoei
Enfim, você é uma fofa que me ajudou/alegrou bastante mesmo sem saber. Espero que você tenha muito sucesso como escritora.
Beijos e sucesso!

Anônimo disse...

a fm nao conta, ne? ¬¬ ela beijou uma!

mila disse...

O desabafo (acima) da Sara me fez lembrar e questionar...
Conheci o blog por acaso, em meados de 2010. Acompanhava tudo e recordo-me de ter a FM como minha favorita.
Adorava o modo como ela pulava de cama em cama e arrasava os corações por onde passava.
Na ignorância dos meus 21/22 anos, era a FM a minha referência de "wanna be".
Também parei, por algum tempo, de ler o blog, mas no inicio desse ano voltei a acompanhar.
Hoje, diante da "maturidade" dos meus 25 anos sinto um pouco de pena da FM.
A Marina e a Clara, que antes, para mim, eram desinteressantes, hoje seriam justamente o tipo de mulher com a qual eu me relacionaria.
A FM e a Mia que me desculpem, mas tem um certo momento que muito dramas e incertezas cansam e machucam demais.
Incrivel como a gente muda com os anos...
E essa Mia é uma bomba relógio. rs

Anônimo disse...

Queeeeeee post fofo!!!
Adorando o clima, as duas, acho que agora vai! Como disseram as meninas ali acima, com o tempo as pessoas mudam, a maturidade vai chegando, os valores se modificam. E pra FM e Mia, talvez esteja ocorrendo ao mesmo tempo. Acho eu...
#Team Mia desde o início rsrs

francielli# disse...

q clima gostoso ..espero qa mia não esteja de brinks ..

Anônimo disse...

" Bom, eu estou aqui. Não estou?"
Aaaawwwwnnn...tá, sim, Mia!
Adorando o post, o clima, a FM, a Mia e, especialmente, a Mel rsrsrsrs

Aléxia Carneiro disse...

bateu um desespeeeeeero

Anônimo disse...

Também comecei a ler o blog em 2010 e dei uma para, retornei o ano passado. Definitivamente a Marina e a Clara são as melhores personagens dessa historia! Ver o amadurecimento da Clara foi muito bom! A FM e a Mia para mim são um caso perdido. Elas gostam mesmo é de drama! Devem ser as duas de signo de ar. Vc já pensou em fazer um post falando o signo dos personagens? Me pego pensando na Marina, acho que ela é virginiana ou canceriana talvez.
Marília!

Anônimo disse...

Uma noite.. "elas serão apenas amigas..."... Já passei por isso ( e ainda passo)..

Anônimo disse...

Nossa, me surpreendi com os comentarios anteriores e tbem to me surpreendendo com o rumo q a historia ta tomando!!
A FM é foda sim, mas (humildementeee acho) q ela é nosso pensamento e nossas atitudes sem escrúpulos... Isso sim é fooda!!
Parabens autora!
E nós, leitoras, amei essa participaçao e nao podia deixar d comentar!
Mas ainda torço pela gata de ares argentinos <3
Sou apaixonada pela Marina, fiiim. Imagina se FM fica com elaa? o.O

Anônimo disse...

kd mais post?ja é dia 2 e nada... :(

bloglesbicodaisa disse...

Que fofurinhas!!

Anônimo disse...

Mel, tá na hora de post novo p/ ontem. Anda, manda a continuação! Please!!!