- »

julho 01, 2013

Down by the water

_Escuta, cara... – o Du argumentou com firmeza, se colocando entre mim e o Fer – ...você já falou o que queria, não acha que é SUFICIENTE?!
_SAI DA MINHA FRENTE!!– o Fer fez um movimento, tirando a mão do Du do seu ombro.
_Só tô pedindo pra você FICAR CALMO!
_E EU TÔ MANDANDO VOCÊ DAR O FORA. ISSO NÃO TEM NADA A VER COM VOCÊ! NÃO SE METE, CARALHO!!
_Olha, TÔ TENTANDO ficar de fora, ACREDITE, mas É MEIO DIFÍCIL com você QUEBRANDO TODAS AS COISAS AQUI! – o Du ergueu progressivamente a voz –. O QUE VOCÊ ACHA, HUN?! ACHA QUE POSSO VOLTAR PRO QUARTO E CONFIAR QUE VOCÊ NÃO VAI FAZER NADA? QUE ISSO AQUI NÃO VAI FICAR FEIO??!
_ESCUTA, MOLEQUE, EU TÔ FALANDO SÉRIO!!! CÊ CAI FORA QUE EU TÔ PAGANDO PRA ENCHER ALGUÉM DE PORRADA HOJE, NÃO ME VEM AQUI OFERECENDO DE GRAÇA – o puxou pela camiseta e empurrou para trás com força, já completamente fora de si – VOCÊ SAI DA MINHA FRENTE, AGORA!!!
_”SENÃO” O QUÊ?! “SENÃO” O QUÊ, HEIN?!?? – o Du o encarou, sem recuar – AQUI NÃO TEM BICHA, NÃO, PODE FALAR GROSSO!!
_VOCÊ VAI ME PROVOCAR, PALHAÇO?!? VEM ENTÃO, PORRA!!!!
_SEU MERDA, V...
_DU... DU, PÁRA!!!! – intervi angustiada, rapidamente; por mais que não cogitasse nem por um segundo que o Fer pudesse levantar um dedo contra mim, quanto ao Du eu já não tinha a mesma certeza – DEIXA QUIETO! Faz o que ele pediu, ESTÁ TUDO BEM! VAI LÁ.

O Du virou então na minha direção, prestes a me falar algo, quando um Fernando cada vez mais nervoso fez com que ele voltasse a encará-lo:

_NÃO. NÃO! Quer saber... – continuou, olhando petulante nos olhos dele – ...eu acho que você devia ficar! É, isso... FICA!! Aproveita e me conta QUANTAS VEZES VOCÊ VIU A MINHA MINA ENTRAR NESSE APARTAMENTO SEM MIM!!! QUANTAS VEZES ELA VEIO AQUI QUANDO EU JÁ NÃO TAVA MAIS AÍ!! FALA!!
_POR QUE?? – o Du já estava sem paciência com a atitude do Fernando – Ela precisa da sua permissão pra ir pra algum lugar agora?!?? Hein?! ISSO NÃO É DA MINHA CONTA!
_É DA MINHA!!!! É DA MINHA, PORRA!!! – o Fer berrou, irritado.
_FODA-SE!
_NÃO. “FODA-SE”, NÃO!! SE VOCÊ VAI NOS “AGRACIAR” COM A MERDA DA SUA COMPANHIA, PARTICIPA DA PORCARIA DE CIRCO DE UMA VEZ!! VAI, APROVEITA!!! EU JÁ OUVI DESSA, JÁ OUVI DAQUELA VAGABUNDA E POSSO OUVIR DE VOCÊ TAMBÉM!!! CONTA AÍ, PORRA, CONTA COMO FOI FICAR NO QUARTO DO LADO ENQUANTO ESSA FILHA DA PUTA COMIA A MINHA NAMORADA!!!! VOCÊ SE DIVERTIU?!?? HEIN?? TODO MUNDO SE DIVIRTIU BASTANTE?!!? – o Fer chutou a estante onde ficavam os discos e voltou a olhar para mim – SE DIVERTIRAM?!?!! TIRANDO UMA COM A MINHA CARA, PORRA?!?!!
_FER, POR FAVOR, NÃO ERA ASSIM!! NÓS DUAS...
_NÃO!! NÃO FALA “NÓS”!! NÃO FALA “NÓS”!!!!
_F...
_CALA A BOCA!! – trombou no ombro do Du e veio ferozmente na minha direção – VOCÊ CALA A SUA BOCA!!! – ele me apontava – NÃO EXISTE “NÓS”!! NÃO EXISTE PORRA NENHUMA DE “NÓS”!!!! VOCÊS NÃO SÃO NADA. NADA!!! VOCÊ ENTENDEU?!?!! EU JÁ OUVI BOSTA DEMAIS; E EU NÃO VOU FICAR AQUI PARADO ESCUTANDO VOCÊ FALAR DA MINHA PORRA DE NAMORADA COMO SE ELA FOSSE QUALQUER MERDA SUA!! ELA NÃO É!!
_E-eu n...
_SUA, SUA CANALHA!! VOCÊ É UMA FILHA DA PUTA!!! VOCÊ NÃO MERECE, CARA!! VOCÊ NÃO MERECE A MINHA AMIZADE!!! NADA!! NADA DO QUE RECEBEU DE MIM TODOS ESSES ANOS!!!! VOCÊ NÃO MERECE UM PUTO DO QUE EU JÁ FIZ POR VOCÊ, POR ELA!!! NADA!!! VÃO À MERDA!!! – as lágrimas voltaram aos seus olhos, gritando furioso, num misto de angústia e raiva – PELAS MINHAS COSTAS, PORRA!!! PELAS MINHAS COSTAS!!! COMO VOCÊ PÔDE FAZER ISSO, CARALHO?!!??
_... – eu chorava, escutando-o, agora muda.
_COMO??? COMO V... – ele perdeu o fôlego chorando, pressionando as mãos sobre o rosto – ...c-como você faz isso, velho... COMO VOCÊ FAZ ISSO?!?!?! COMIGO, PORRA?!? – voltou a me encarar, putíssimo – E-E VOCÊ AINDA PEGOU ELA NA FRENTE DE TODOS OS NOSSOS AMIGOS!!!! DE MIM, D-DE TODO MUNDO!!! VOCÊ PERDEU A PORRA DO JUÍZO?!! PUTA MERDA, TUDO, VELHO, EU TENHO QUE REPENSAR TUDO, CADA MERDA DE SEGUNDO QUE EU ESTIVE DO LADO DE VOCÊ E DAQUELA VADIA DE MERDA!!! TUDO!!!! VOCÊS NÃO TEM UM PUTO DE CONSIDERAÇÃO POR NADA?!?!! POR NINGUÉM?!?!!
_... – eu me fechava cada vez mais, completamente humilhada, me desmanchando em lágrimas.
_O QUE MAIS?!??!? HEIN?!? O QUE MAIS EU PRECISO FICAR SABENDO??!?!? ME FALA, DESDE QUANDO ESSA PORRA TÁ ROLANDO??!??! – quando eu achava que ele não podia perder mais a cabeça, os olhos dele eram empurrados ainda mais além, impulsionados pelo calor da situação – EU SOU UM BABACA MESMO!!! UMA PORRA DE UM BABACA!!!

Aquela discussão estava saindo fora de proporção. O Du veio até mim e me colocou atrás dele, com o braço para trás das suas costas me segurando o antebraço. O Fernando, assim como eu, era incapaz de processar verdadeira frustração silenciosamente sem atacar o mundo ao redor, sem destruir tudo ou a si mesmo em uns surtos completamente irracionais, antes de se acalmar – o que me preocupava; porque era quase melhor mantê-lo ali, onde ele descontaria apenas no apartamento, do que deixá-lo voltar naquele estado para a rua. A presença do Du só elevava a irritação, que começava a sair muito além do controle do que deveria. O Fernando chutou o sofá repetidas vezes, com força. E o Du mandou então em voz alta e clara que ele fosse embora, duas vezes até que ele enfim o ouvisse.  

_SAIR?!?!! VOCÊ QUER QUE EU SAIA DA MINHA PORRA DE APARTAMENTO??!?!? – o Fer se virou na direção do Du, parado na minha frente – VOCÊ PRECISA SER MESMO MUITO CARA DE PAU, SEU FOLGADO DE MERDA!!! MAS EU VOU! VOU!! EU VOU SAIR, SIM!! E VOCÊ PODE TER CERTEZA... – ele me encarou – ...QUE VOCÊ MORREU PRA MIM, QUE EU NÃO VOLTO A PISAR MAIS NESSA PORCARIA!!!! VOCÊ GARANTA QUE EU NÃO TE ENCONTRE. EU NÃO QUERO MAIS TE VER NA FRENTE, NUNCA MAIS!! NÃO QUERO SABER QUE VOCÊ EXISTE!!! E PODE AVISAR A VADIA DA SUA NAMORADINHA!!! VOCÊ MORREU PRA MIM!!

Eu me encolhi – por favor, não. Se esta fosse qualquer outra discussão entre mim e o Fernando, eu sabia que ele se desculparia no dia seguinte. Por ter perdido a cabeça, por ter dito mais do que queria – mas não hoje. Desta vez, não haveria dia seguinte. Não nos sentaríamos na porra daquela cozinha, numa ressaca monstra, e nos arrependeríamos pelas palavras gritadas um contra o outro. Não haveria perdão. E tudo o que ele disse ali, cada absurdo e cada verdade, mesmo sem pensar, ficaria guardado comigo; pesando em mim e na minha consciência dali em diante. Uma tonelada. Sobre a minha garganta, sobre os meus ombros. E ah, eu ainda carregaria o peso dele, se eu pudesse. Sem pensar duas vezes. Mas o Fernando bateu a porta – sem me olhar nem mais uma vez, sem permitir. Eu estava arrasada.   

Chorava incessantemente. E o Du tentava agora me confortar,  sem saber como agir agora que o Fer já não estava mais lá. Eu havia abandonado qualquer noção de realidade ou senso de tempo, de espaço – eu só me detestava, compulsivamente. “L-liga p-pra... l-liga pra M-marina”, pedi. E ele correu para pegar o meu celular, ainda largado no sofá. Antes que pudesse digitar, todavia, o número do Fernando começou a chamar no visor. O Du me olhou, sem saber o que fazer. E apesar das suas objeções, peguei da mão dele e o atendi.

_V-VOC... NO ANIVERSÁRIO!!! NO ANIVERSÁRIO, CARALHO!!! V-VOCÊ , VOCÊ TEM MERDA NA CABEÇA??!?!?
_F-fer... e-eu, eu não... – eu soluçava, tentando desesperadamente me explicar, me desculpar com ele – ...E-EU NÃO TAVA COM A MIA, NÃO NA THE WEEK!!
_NÃO NO SEU ANIVERSÁRIO, SUA IDIOTA!! – ele gritava, furioso comigo – NO DA MIA!!! NA SARAJEVO, SUA FILHA DA PUTA!!!!!! V-VOCÊ, VOCÊ ME FEZ SENTIR MAL, VOCÊ ME FEZ PEDIR DESCULPAS!!!!!! VOCÊ ACEITOU TUDO O QUE EU DISSE DEPOIS E E-EU... EU ESTAVA CERTO??!?? – ele parecia subir a Augusta ou a Frei, eu podia ouvi-lo ofegante, berrando acima do som da rua – FILHA DA MÃE!! V-VOCÊ E-ESTAVA COM ELA DESDE AQUELA ÉPOCA, N-NÃO ESTAVA?!?!?! ESTAVA?!?!?!! SUA, SUA CANALHA DE MERDA!!!! SUA VAGAB...

Ele continuou despejando todo palavrão existente na minha direção. Em surto ao telefone. E eu sequer escutava mais, enxugando as lágrimas no meu rosto para que elas abrissem caminho para as seguintes. Completamente perdida. So knock me down, tear me up. O meu mundo todo parecia desabar. But I would bear it all broken.

just to fill my cup. (The Decemberists)

33 comentários:

Anônimo disse...

Geeenteeee...
Tá cada vez pior a merda - pensei que não podia, mas SIM!
Crônica da morte anunciada, mas de qualquer forma estou com pena da FM, da Mia, do Fer.

Anônimo disse...

Amo cada linha que escreve,cada personagem,sem palavras.

Anônimo disse...

Fernando agora sim. AGORA SIM. Agora sim esse é o Fernando que eu imaginei surtando. Sem voltar atrás, sem querer vê-la nunca mais. E, Du ganhando meu respeito, porque agiu com coragem pra porra. Ah, que lindo. Que lindo.

Anônimo disse...

Tô com um dó da FM que pqp =(

Anônimo disse...

='(
Não tenho nem palavras. A minha sensação é que daqui p frente tudo é diferente... mágoa demais p todos... E no meio disso tudo será q o amor da Mia e da FM sobrevive?? Suporta toda essa dor?? Esperar p ver...
Obg Mel.. vc como sempre arrasou... parabéns...
(Mariana Curi)

Bruna disse...

Aaaahhh... consegue ficar pior!
=/
Que merda tudo!

lorena costa disse...

Nossa, acho bem dificil a FM ainda conseguir ficar com a Mia depois de tudo isso... ela jogou a bomba pra FM resolver tudo sozinha... a Marina vai surtar rsrsrs

Anônimo disse...

ela nao jogou a bomba pra FM resolver sozinha. a gnt é que nao sabe o que o Fer falou pra Mia. e porra, a traição da amizade de 10 anos, ao meu ver, é BEM pior. eu estaria muito mais puta com a amiga do q com a namorada.

Anônimo disse...

não tem mais clima pra elas voltarem a se pegar. pelo menos nao agora.

Amanda disse...

MEU DEUS, MELISSA!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Passei 2 meses sem ler e quando volto esse VENDAVAL! Socorro. Fui lendo e ficando louca. A maneira como tu descreveste o desespero no post em que a FM sabe que o Fer tá indo pro ap... Cara, anormal tua habilidade na escrita.
Desde o começo do blog eu pensava sobre esse acontecimento e tenho que dizer que superou as expectativas.
Quero muito saber o que vai acontecer. Como os três vão lidar com tudo daqui em diante.
1 P.S.: saudade da Clara

Parabéns!

Diii disse...

Eu acho q o Fer falou mta merda pra Mia, mta msm. Mas ainda assim, menos do q pra FM.
Até pq ele saiu da casa da Mia com a cabeça a mil, nem deu tempo dele ir lembrando das coisas q nem ele foi lembrando enqto diacutia com a FM.
Tanto a Mia não jogou a bomba q ela queria ir pra lá qfo soube q o Fernando tava indo, a FM que, sabiamente, não deixou.
Imagina se ela chega lá no meio da briga? Ia baixar até a polícia no ap.

É sofrido? É!
Mas ambas sabiam disso dsd o começo, q uma hira o bixo ia pegar, agora que já fedeu que fiquem juntas então.


Dessa vez a bucha da Marina vai ser grande... rs


Pathy disse...

O Dia hoje tá uma merda e vem esse post pra fechar com "chave de ouro"..
Parece que essa porra ta acontecendo comigo.. Fer, Mia e FM <3

E AGORA, MEL???????????

isa disse...

TRISTE.

Anônimo disse...

Pronto! Merda feita. Agora parta para o que de fato interessa.. MIA e FM. Obrigada!

luanna disse...

gente, acabou o equilíbrio do triângulo

Juliana Nadu disse...

='(

Anônimo disse...

previsível mas inevitável (ou não). pra ser sincera eu ainda espero que role um triângulo entre fm, mia e clara ou até um quadrado entre fm, fer, mia e clara.. dar um tempo de drama lésbico e que pratiquem o poliamor.

Anônimo disse...

cara... que porra... quando pensa que tá tudo fodido, acontece mais merdas pra foder mais ainda. anem Mel ): ainda cogito uma volta da amizade dos dois, esperança é a ultima que morre né... mas... não dá cara, o que a FM fez, o que rolou aí... não tem perdão :/

Ianca' disse...

liga pra má :(

Anônimo disse...

Quero a Marina, agora. E o Du que coisa linda, ganhando meu respeito.

Anônimo disse...

kd a marina pra salvar a patria?

Anônimo disse...

Aleluia a história anda. Finalmente.

Anônimo disse...

Marina?? Alôôô?? Chamando Marinaaaaaa!! rsrsrs
Certo, precisamos todas da Marina agora!
Mas queria que FM falasse com a Mia também, ela tá sofrendo lá longe, sozinha, sem saber o que tá acontecendo...
#teamMia

Babaloodeuva disse...

e agora.

Anônimo disse...

q ligar pra marina o q... teu lance/problema é com a Mia feelha, ACORDA! vira gente e assume seus erros, porra!

Anônimo disse...

Ah, e o Fer é um corno, pronto! E daí? You gotta get up and try, again! "Bolas" pra frente garoto, literalmente. KKKKK

#EuImpiedosa

Anônimo disse...

Outra coisa: Você mandou fucking bem nesses últimos posts Melissa. Parabéns, como sempre!

Anônimo disse...

kd mais post?esse foia 3 dias atras..

francielli# disse...

uma hora tinha q acontecer .. cade a Mia nesse meio tempo ??

Diii disse...

Meeel, por favor, posta.

Meu coração está que não se aguenta. Hahahahaha

Sarah disse...

Pqp.. depois dessa situação toda FM e Mia não tem clima =/
Só Marina pra ajudar Fm sair desse inferno mental.
(voolta Clara!)

Anônimo disse...

Clima pra se pegarem também acho que não, mas FM e Mia tem mais do que isto.
Acredito que elas precisam, sim, conversar e se apoiar agora que a merda foi pro ventilador. Ainda mais a Mia, que além de brigar com o namorado assumiu a relação com a FM, puxa! Com ajudinha de Marina, porque não?
O que não tem clima é pra Clara, sorry...rsrs
Esperando novo post ansiosamente, Mel!!

Anônimo disse...

Foi a primeira vez que eu quis pegar mais cara do que minas numa postagem do blog, kkkk!! ADORO BARRACOOOO!!