- »

setembro 06, 2013

Only happy when it rains

“I'm only happy when it's complicated” - Garbage


Arregalei os olhos para aquele comentário, puta da vida.

_Quê? Cedo demais pra brincar? – sorriu amarelo, percebendo imediatamente a mancada, apenas dois dias após o término deles.
_É. Um pouco, Guilherme...
_Não, meu. Tudo bem... – a Mia riu, me acalmando.
_Tá vendo?! – revirou os olhos – De boa. E cá entre nós, convenhamos, você tá melhor agora, né, meu bem?! Não vale a pena sofrer por essas coisas. Você traiu, ele traiu, estão todos quites. Agora é cada um pro seu lado! E bola pra frente...
_E-ele O QUÊ?!?? – ela parou de sorrir, imediatamente – Repete.

Ah, não... PUTA MERDA.

_”Ele” nada. Esse idiota tá trocando as coisas, meu – tentei consertar às pressas –, não teve nada!
_É. E-eu... – o Gui me encarou, implorando por socorro no olhar, completamente sem reação, e a Mia o ignorou, furiosa.
_VOCÊ SABIA DISSO?!
_Mano, me escuta: NÃO TEM “isso”. Ele não sabe DO QUE está falando! – argumentei com ela e fuzilei aquele babaca boca-mole com os olhos, filho de uma égua.
_E-eu não, e-eu realmente n-não, não sabia. Eu só a-achei que, s-sei lá, pressupus que vocês d-dois... m-manja?

Comecei a ficar aflita, argh. Cacete. Mente direito, porra! A última coisa que eu queria agora era expor o Fernando, depois de tudo terminado. E trair ainda mais a sua confiança. Mas que caralho! Pior ainda – dar margem para a Mia sentir ciúmes, logo agora, com dois anos de atraso.

_Mia...
_Não mente pra mim... – ela ameaçou, surpreendida.
_Não estou mentindo, linda. O Gui, ele n...
_Não! Olha na MINHA CARA e me diz que você NÃO SABE de traição nenhuma do Fernando. ME DIZ que você não escondeu ISSO de mim... – ela me encarou, apontando irritada na minha direção – Eu quero ouvir da SUA boca! Vai, fala!
_Mia, e-eu... – respirei fundo, sem saber que diabos fazer com aquela situação – ...olha, eu, eu REALMENTE não acho que sou eu que tenho que te dizer se ele te traiu ou não. O relacionamento era de vocês, cara. E...
_NÃO ME fala o que eu tenho ou não direito de saber sobre o MEU relacionamento!! – ela brigou de volta, me interrompendo; todo mundo olhava para nós – “Ex”-relacionamento, que seja... – ela mesma se corrigiu, revirando os olhos – VOCÊ DEVERIA TER ME CONTADO!
_Mano, mas eu não sei de porra nenhuma! Eu nem sei SE rolou ou O QUE rolou, caralho. Só me escuta? Mia, se aconteceu alguma coisa, sério, faz muito, muito tempo – me afligia –. O Fernando não te traía por aí, cara, não mesmo. Porra, eu já vi ele recusando mulher na minha frente, NA MINHA FRENTE! Ele não era assim. E-e, e afinal, e-eu... eu não tenho NADA A VER com isso, meu!
_TEM! TEM, SIM!! PORQUE É O SEU AMIGO QUE ESTÁ VINDO SOLTAR ESSA PALHAÇADA NA MINHA DIREÇÃO. COMO ELE SABE, ENTÃO?! ME EXPLICA?!?!!
_Meninas, vamos nos acalm... – o Du arriscou uma intervenção.
_MANO, E QUE IMPORTA AGORA?? HEIN?? – o interrompi, perdendo a calma com ela – FODA-SE! Foda-se quem ele comeu ANOS ATRÁS, PORRA!! ISSO FAZ UMA ETERNIDADE!
_”Quem e-ele c...” – a Mia dava-se conta de que era mesmo verdade; que merda – ...ahh, filho da puta, a-aquele CACHORRO DESGRAÇADO. EU VOU MATAR O FERNANDO!!! MATAR!!
_Mia, cacete... volta aqui?

Pedi, vendo-a caminhar para fora da multidão. Pior timing da história. Que inferno. Me detestei por tê-la arrastado para aquele, argh, aquele festival merda – ah, se arrependimento matasse. Olhei então para o Gui, na rodinha atônita, e o meu sangue ferveu de raiva. “Olha, eu acho bom você começar a preparar uma porra de uma desculpa e AGORA!”, o ameacei, antes de sair dali. Babaca. Joguei o cigarro no chão.

E fui atrás dela.

Não. Tudo o que não pode acontecer agora é ela ligar para o Fernando. Temia que o drama deles fosse retomado, e logo assim, maldição. Não pode ser. A alcancei mais adiante no gramado. Ela seguia na direção da ponte, lá pelas proximidades do MAM, me ignorando e numa tentativa de se afastar do fluxo de pessoas.  “Mia...”, chamei. Ela apertou o passo. Mas que porra. Por que eu não posso ter uma droga de relacionamento normal?? Uma vez na vida?!??, revirei os olhos, me estressando comigo mesma.

As últimas semanas – a viagem e a briga com a Clara, a manhã seguinte à festa do meu aniversário, o ultimato todo, a discussão com o Fer e agora isso – tinham esgotado toda a cota de drama da minha vida. E “tranquilidade” não é uma opção, aparentemente. Questionava todas as minhas decisões que me levaram até o olho do furacão. Observei e a Mia estava a passos da ponte já. Céus.

_Meu, Mia! – alcancei e a impedi, segurando-a pela mão – Por que você vai escutar o Gui? – implorei – Ele, ele é um imbecil que acha que todo mundo está comendo todo mundo. E não é verd...
_Pára! Ah! Pára! Pára! – ela apertou os olhos, balançando a cabeça – Eu não consigo ouvir isso! Não consigo!! Você é tão ruim quanto ele!
_Sou ”tão ruim” quanto QUEM?!
_O GUI! – ela passou a mão no cabelo, irritada, colocando a franja para trás, tirando-a do rosto – O Gui! O Fer! Eu! Todo mundo. TODO MUNDO SÓ MENTE! E-eu... eu não acredito que aquele canalha me traiu. E escondeu de mim assim, VOCÊ escondeu de mim. Ah! Eu quero tanto, TANTO ir até lá e falar umas na cara dele!! Hipócrita! FILHO DA PUTA! COMO ELE PÔDE??? DORMIR COM OUTRA GAROTA ENQUANTO ESTAVA COMIGO?? ESCROTO DE MERDA!!
_E O QUE IMPORTA?? AGORA??!? – parecíamos duas loucas gritando em pleno Ibirapuera, meio fora de proporções – VOCÊ AMA ELE?? QUER VOLTAR PRO FER?!?? – a minha insegurança implicou – ESSA INFORMAÇÃO NÃO MUDA NADA. NADA!! VOCÊ TERMINOU COM ELE, DEUS, VOCÊ TRAIU ELE COMIGO! E... PORRA! FOI UMA VEZ. JÁ FAZ DOIS ANOS, MIA!
_IMPORTA! IMPORTA, SIM!! PORQUE EU NA-MO-REI COM ELE! EU ACREDITEI NELE. E EU CONTINUO AMANDO O FER, EU SEMPRE VOU AMAR. NÃO SE APAGA AS PESSOAS ASSIM!! – berrou e, no fundo, eu sabia que ela tinha razão, mas ouvi-la dizer me perturbava – E-E POR QUE VOCÊ TÁ... DEFENDENDO ELE??! A-ALIÁS, POR QUE DIABOS VOCÊ NÃO ME CONTOU ISSO?? EU ME SENTI MAL, CACETE, EU ME SENTI CULPADA! ESSE TEMPO TODO!!! VOCÊ ENTENDE ISSO??? VOCÊ PODERIA TER RESOLVIDO ESSA MERDA DOIS ANOS ATRÁS!!
_NÃO! ISSO ERA ASSUNTO DE VOCÊS! EU NÃO IA TRAIR MAIS AINDA O FER, CARALHO, ELE É MEU AMIGO! O QUE ELE FEZ DE TÃO PIOR??! HEIN??? PRA EU ME ACHAR NO DIREITO DE CONTAR, DE ME INTROMETER?? INFERNO!! – não podia acreditar que estávamos tendo aquela discussão, em pé em meio ao parque VOCÊ REALMENTE ACHA QUE EU CONSEGUIRIA FICAR COM VOCÊ ÀS CUSTAS DELE?? VOCÊ ACHA QUE ISSO IA SER CERTO???

Passei as mãos, nervosa, no rosto. Maldição! E me virei, dando dois passos para trás. Isso é absurdo. O meu coração estava acelerado, eu me sentia irracional. E apaixonada.

_E EU – me voltei para ela, mais uma vez –, EU NÃO ESTOU DEFENDENDO ELE, EU ESTOU DEFENDENDO NÓS DUAS, PORRA.

25 comentários:

Anônimo disse...

Ai, FM <333

Anônimo disse...

êêê caralhoo, quando eu penso que vai ficar tudo bem, a Mel solta as bombas!!! Hahahaha af Melzita, logo agora? Praq? :/

Anônimo disse...

O próximo vai ser de pegaçao CERTEZA! kKKK

Mayara dos Santos disse...

OOH MEL, COMO ASSIM? KKKKKKKK eu achando que agr o relacionamento ia engrenar e me vem a bomba? Oh Deus

Anônimo disse...

Acho que preciso de tempo pra digerir as informações desse post, porque olha...
Que aflição!

Anônimo disse...

CAPS LOCK!!! <3

Barraco, confusão, gritaria, drama... Adoro!

Acho q a mia vai se acalmar dps dessa última frase q ouviu... Mas é foda só descobrir q foi corda bem dps enqnt passou esse tempo todo se sentindo culpada por ter traído.

Aliás é foda pros 3. Sinceramente, não sei qm tá pior... Não sei ql personagem é mais fodido.

Adoro essa música, já tinha pensado nela pro blog tbm. =)

Anônimo disse...

Corna*
Corretor estúpido

Anônimo disse...

ai pqp, parem de brigar e vao meter, pronto hahahahha

Mayara dos Santos disse...

Dps dessa briga vai ter uma bela e linda noite de muito sexo, tenho certeza K

Flavs disse...

desesperador achar que finalmente elas vao dar certo e isso acabar acontecendo ):

Anônimo disse...

Porra, puta climao bad e vcs aí pensando putaria... Ces tão q tão, heim!

Anônimo disse...

"NÃO TO DEFENDENDO ELE, TO DEFENDENDO NOS DUAS, PORRA" ctz q a Mia vai se derreter com essa foi mt fofa =))

Anônimo disse...

A primeira DR delas <3 teenso!

Anônimo disse...

Então Mia a puxa e dá um beijo desentupidor de pia em meio ao parque <3

UAHSUAHSUASUAHAUSHUAHS

Laís Morais disse...

E a Primeira DR a gente nunca esquece, rsrsrs. Vamos fazer um botão para o próximo post. O que vai acontecer? Briga com o Fernando? Sexo (sem o Fernando, logico)? Ou pode rolar um flashback entre ele e a Mia? Façam suas apostas!

Anônimo disse...

Tava tão bom. Isso foi totalmente dispensável! O que aconteceu, aconteceu e ponto. ¬¬

Anônimo disse...

A primeira DR delas <3 teenso!

6 de setembro de 2013 03:38

Primeira DR? Elas só brigam kkkkkkkkkkkkkkkk

Pathy disse...

E quando a gente acha que vai dar tudo certo vem a autora e nós trás de volta a "realidade".. PLMDDS Mel, sacanagem! =/
Eu acho que isso vai terminar em sexo, mas "eu não queria".. Prefiro elas falando em caps look do que resolvendo tudo na "cama"..
Viajei???? enfim, essa história tá longe de acabar <3

Anônimo disse...

Como assim primeira DR, gente? Tá muito mais pra primeira R do q primeira D. Hahaha...

Thays disse...

tenso meu -.-' espero mto que a Mia não vá atrás do Fer!

Ianca' disse...

Barraquinho pra descontrair, a Mel nunca esquece de nenhum detalhe, olhaaaaa QUE CÉREBRO! hahahahaha Mas fico agradecida que essa traição não foi esquecida, claro que nem se compara com o caso delas, enfim. Adoro quando a Mia fica arisca :P

Mylena Azevedo disse...

Não gosto dessas coisas, bate logo uma deprê... :P

Cris F Santana disse...

Tão bonitinha com medo de perder a Mia! *-*

Aléxia Carneiro disse...

VISH!

Juliana Nadu disse...

respira... respira... ufa!