- »

outubro 25, 2010

"She wants revenge!"


_Me vê um cigarro aí... – pedi para a Mia, encostada no lado oposto do fundo da escada – Esqueci de comprar e o meu acabou antes de eu entrar aqui.

Estávamos a menos de um metro uma da outra, apoiadas nas paredes daquele corredor estreito. Frente a frente. A Mia pegou um cigarro extra no maço, já com um aceso na sua outra mão.

_Me diz quem... – ela brincou com o filtro entre os dedos, sem me entregar a porra do cigarro – ...quem é “Marina”?
_Eu disse. Minha ex-namorada – arqueei as sobrancelhas, achando graça.
_“Ex”? – perguntou, como se não acreditasse.
_É. Ex.
_Que tipo de ex? – continuou.
_Do tipo que não é mais minha – olhei para o cigarro, inquieta, querendo fumar logo.
_Hum. Não sei como funciona... – a Mia disse, com um leve sorriso no canto da boca – ...com vocês, lésbicas, mas... – o filtro girava entre seus dois dedos e ela prosseguia, maliciosa, sem intenção de me entregá-lo tão cedo – ...para o resto do mundo, sabe, não se dorme em casa de ex-namorado.

Ahh, Fernando, seu desgraçado filho de uma égua.

_Olha... Eu só falo tanto da Marina para o seu namorado – tirei o cigarro das suas mãos, bruscamente, já sem paciência – para não falar de você.

Os seus olhos encontraram os meus. A minha sinceridade provocou uma mudança repentina na sua atitude. A Mia não conseguiu esconder um sorriso – desta vez, sincero. Era isso que você queria ouvir, né, encarei-a de volta, levemente revoltada com o joguinho. Desgraçada. Acendi o meu cigarro e ela me observou dar a primeira tragada, depois soltar a fumaça para o lado. Eu não queria dar muita trela para a situação, preocupada com a quantidade de álcool já ingerida por mim e a minha consequente falta de autocontrole. Entretanto, claro, não me aguentei muito.

_Estava vendo você dançar lá em cima... – eu disse, olhando para a Mia.

E respirei fundo, conforme meus olhos percorreram a sua silhueta, parada a poucos centímetros de mim, fumando. Puta que pariu, mulher, pensei e senti toda a minha imprestabilidade subir à minha cabeça.

_E? – ela perguntou, com o cigarro aceso nas mãos.
_E nada. Só achei bonito.
_“Bonito”? – ela riu.
_Você e as suas amigas... – continuei, encarando-a com toda a minha vontade contida no olhar, nitidamente querendo me referir a qualquer outra coisa que não aquilo.
_A gente, o quê?
_Dançando juntas lá.
_Hum. Prefiro dançar com você... – a Mia sorriu para mim.
_Você está bêbada... – eu ri.
_Não – ela se aproximou do meu lado da parede, perdendo um pouco a noção do perigo – Eu estou tentando te dizer, pela segunda vez, o quanto gostei que você veio.
_E de que adianta? – respondi, a encarando, incomodada – Não é comigo que você vai ficar hoje, garota...

Traguei mais uma vez o cigarro, agora amarga. Sentia o álcool começar a afetar o nosso diálogo. A Mia encostou de novo na parede oposta, me olhando, e deixou escapar um sorriso.

_Mas... mesmo assim, você veio.
_Pois é. Vim.

Eu vou para qualquer lugar que você me chamar, garota. Os seus olhos continuavam sobre mim. Respirei fundo. E dei um passo para frente, chegando realmente perto dela – o suficiente para causar um problema sério caso alguém conhecido resolvesse passar pelo alto da escada e dar uma olhada ali para baixo. A Mia permaneceu encostada na parede, como se quisesse que eu, em algum momento, tomasse uma atitude. A iminência de um beijo estava implícita – mas só me aproximei, olhando-a de perto. Bem de perto. Quis sentir o gosto da sua boca desesperadamente, porém me contive. Sabia do risco.

Aí dei um passo de volta. Encarei-a por mais alguns segundos, em silêncio, depois tornamos a fumar cada qual no seu canto. A tensão se dissipou. O frio, vindo da porta ao nosso lado, começava a incomodar. A Mia ainda me olhava, curiosa, e eu tentava não me deixar convencer, pelo meu corpo inteiro, que a desejava como nunca. Merda de festa, traguei mais uma vez, que porra eu vim fazer aqui. Soltei a fumaça lentamente, inconformada com a minha dificuldade de ficar ao lado daquela mina.

“This is not a love song”.

De repente, ouviu-se a voz da Brody Dalle invadir o som da balada. Os olhos da Mia brilharam automaticamente – felicidade de bêbado –, conforme os alto-falantes começaram a nos ensurdecer com “Beat your heart out” dos Distillers. Nossa primeira reação foi correr para a pista, obviamente. Jogamos os cigarros no chão, pisando na brasa o mais rápido possível e subimos apressadas os degraus. Ao chegar à outra ponta, todavia, me ocorreu algo muito mais apropriado.

Segurei-a pela mão e a puxei para o lado oposto, na direção da outra escada. Ouvi-a reclamar qualquer coisa, e ignorei, arrastando-a à força junto comigo, enquanto subíamos até a pista escura do segundo andar, onde uma massa não-identificável de pessoas dançava ao som de um hip hop qualquer. Encostei-a na primeira parede que minhas mãos encontraram, conforme paramos ali, em meio àquele escuro absoluto, perdidas entre as batidas graves.

_O que diabos você está fazendo?! – ela brigou comigo, revoltada, sem sequer conseguir me enxergar.

Busquei-a no escuro, com as mãos, e segurei o seu rosto perto do meu, tentando visualizá-la mentalmente na minha frente. O meu corpo encostou no seu e a minha boca se aproximou do seu ouvido:

_Estou roubando sua música favorita – expliquei.

21 comentários:

Marina disse...

Eu digo pra mim mesma q tenho q deixar os posts acumularem para então lê-los, mas as 3:58 am, fui obrigada a ler =P

Cris Ferreira disse...

Ouuunnnn *-*

"Eu falo da Marina pra não falar de você"

"Estou roubando sua música preferida.."

Perfeito Mel! Perfeito! *-*

Criss Huhs

Mikaylla disse...

Sensacional Mel :)

Pathy disse...

Sou fã da FM Cara, essa menina tem uma atitude Fdp.. #Adoroooo
Parte pra cima dela FM.. a mia vai enloquecer!! huahuahuahah

Cogumela =) disse...

Que forma sexy de terminar o post.

x)~

Nah disse...

se prefere aqui, aqui será,rss
massa a Mia se insunuar, e a FM se segurar, não pode dar mto moleza não,hahaha..Como eseses posts conseguem ser cadaaa vez melhores?!

Ed disse...

Caraca MEul, "Estou roubando sua música favorita", ai, ai...

Está cada vez melhor, mas não sei como isso é possivel...Totalmente elouquente...Adoro 8 x.

@Edflavia_ems

Bjs, e boa semana!!!

R. disse...

Mel esse post ta perfeito!! *-*

sério, não sei nem o que falar direito xD

gogo FM haha
bjs :*

Thami Dias disse...

Os ultimos post foram sensacionais!!! Não tem como não ser sua fã Mel, gostei demais dos detalhes dos ambientes e da tensão do momento.

Congrats Mel you Rock!

bj's

Tha

Anônimo disse...

Sem palavras. Só... sem palavras.

FODA DEMAIS.

- Tucca disse...

PER-FEI-TO. FM safadchênha se vingando da Mia por ter roubado as músicas dela, rs. Mas é pura maldade terminar o post assim hein. Esperando o próximo já *-* Parabéns, Mel.

CATARINA disse...

MEU DEUS, EU NÃO ACREDITO QUE MEU COMENTÁRIO NÃO MANDOU. QUE ÓDIO. EU NÃO QUERO ESCREVER TUDO DE NOVO, MEL. TÕ MORRENDO E GRITANDO AQUI ATÉ AGORA. ):
ME LEMBROU UMA HISTÓRIA MINHA... TUAS FRASES, MEU DEUS... MEU DEUS,M EU DDEEEEEEEEEEEEUS! TÔ LOUCA AQUI. ESSE FOI O POST MAIS PERFEITO E EU NAO CONSIGO FALAR SEM GRITAR E... AH, MEU DEUS ):

Anônimo disse...

adoreeeei como terminou...

mas estou começando a não gostar tanto assim da mia...
ela tem ciúmes da Devassa, mas largar o Fer q é bom nada, né?
tá na hora de tomar uma posição..

Lud disse...

Perfeito esse post .. parabéns!!

Ianca' disse...

Agora eu sofri, esse post tá fodão, nem queria ter conseguido acompanhar pra não ter que ficar nessa apreensão esperando post, gostava da liberdade de ler quando bem quisesse sem dependências, mas teu modo de escrever meu atraiu de tal maneira que não consigo mais...
Tu arrebenta menina, meus parabénss ;)
"Gente que se vinga", aaah como eu amo a FM ♥♥♥ *-*

Célia Matos disse...

"Estou roubando sua música favorita...", que feeling vc tem; maravilhosa metáfora aqui.Ótima!

matt. disse...

Só pra constar: sou mestre em roubar músicas favoritas. Hahaha.


No momento em que elas estava, fumando, senti um misto de vontade da parte de ambas e impossibilidade. As reações do corpo da Mia demonstravam isso com clareza. Encostar na parede tradicionalmente faz parte do contexto ''me beija agora, porra!''

Parabéns pelo post, Mel. Você é incrível.

@sarahjujuba disse...

"_Estou roubando sua música favorita - justifiquei."

D-E-M-A-I-S Mel!

Acho que no fundo, todo mundo fica meio que imaginando as cenas e tal, mas esse trecho eu achei FODA DEMAIS! kkkkk foi mais do que só imaginar, foi ver a coisa acontecendo de fato! kkk

Acho que foi esse é um dos meus 'finais de post' favoritos!

Adorei, tá super bacana ;)

J.Lee disse...

Nossa cara, eu amo a FM. Perfeito! As ideias, os fatos... O jeito como ela consegue guiar as ações para os seu (e nossos) desejos.
"-Estou roubando sua música favorita"

Adoro essa "serie". =]

gabi disse...

Esse post tá FANTÁSTICO Mel.
parece que eu to ouvindo The distillers,parece que eu estou lá!

Anônimo disse...

Como eu AMO esse post! <3