- »

setembro 02, 2011

Tortilla à paulistana

_Então esse é o seu plano agora?
_Que plano, Marina?!
_Esse aí, comer tudo o que se move – ela me olhou desconfiada, sentada na mesa da cozinha, enquanto descascava as batatas.
_Eu não c... – levantei tom de voz e me segurei por um segundo, encarando-a – ...olha, na boa, eu não sei qual o problema das pessoas com a minha vida sexual. Não é como se eu comesse três por semana, isso é ridículo! Acabei de te falar que já saí com essa mina, porra, saí duas vezes com ela antes... e saí ontem de novo. Desde quando isso é galinhagem, cacete?!
_Ah, quer dizer agora que você gosta dela?!
_Não, mas e daí? Preciso gostar?
_É. Pra algumas pessoas, sim, né... – ela riu, juntando as cascas e descartando-as no lixo ao seu lado.
_Na boa? Essa Carol aí também não gosta de mim, não... aliás, eu acho isso ótimo.
_”Ótimo”, meu, você nem se ouve falando! Cara, você não sente falta de... de ter pelo menos alguém que, sei lá, que te queira? Não só por querer, mas tipo, com carinho mesmo. Sabe?
_Ai, Marina, você tá muito bicha, credo.
_Você que está muito solta aí... e isso não te faz bem, você não é assim – revirei os olhos na mesma hora, me aproximando para pegar o prato das batatas descascadas – Quê?! Você acha que eu não te conheço?!? – ela achou graça na minha reação e começou a me apontar, fazendo cena – meu, eu sei muito bem que por trás dessa sua falta de limites aí, você vive obcecada... amarrando o coração numa pior que a outra.
_Quê, cê acha que eu vou me apaixonar por essa Carol agora?
_Não... e nem pela outra, né, coitada, amiga da Lê. Aliás... – permaneceu sentada, me observando colocar as batatas na frigideira – ...a quantas anda a Letícia?
_Ah, tá de boa, solteira ainda e trabalhando pra caralho. Vou fim de semana que vem com ela tatuar, eu acho; ela quer fazer o outro braço e eu tava pensando em começar a minha da costela. Preciso ver se vou ter grana ainda...  te falei que tô querendo sair do trampo?
_ Nossa, não. Espera, calma, muita informação de uma vez só! Como assim?! – perguntou – Você vai sair do estúdio?!?
_Olha... Não sei, meu. Tô meio procurando. Achei um lance legal e é até mais perto, lá na Brigadeiro. Uma estação só de metrô, né, meu, dá pra ir a pé se eu quiser... e eu ia poder fazer mais coisa de produção também. Tô de saco cheio já de ficar selecionando foto de formatura, organizando álbum de casamento, tratando imagem pros outros... Lá, não, eles mexem com vídeo também, fazem comercial, não é só foto... é uma produtora mesmo e, sei lá, parece uma boa pra mim.
_Mas você foi lá? Eles estão precisando de gente?
_Estão... então, o Gabriel que me indicou. Ele já fez umas parcerias com eles lá da agência... os caras fazem bastante produção para publicidade e umas paradas de moda também, a menina que me ligou ontem me passou. Disse que tinham gostado de mim, viram meu currículo... vou lá na terça, vamos ver.
_Ah, linda, que bom... tomara que dê certo, meu!
_Acho que vai dar... até quando te liguei ontem, a idéia já era te contar disso. Tinha acabado de falar com a menina, sei lá. Tô com um sentimento bom, manja? Acho que vai rolar, e acho que vai ser do caralho.
_E o salário, já sabe?
_Não sei, preciso conversar lá primeiro... não me falaram. Mas mesmo se for igual, eu prefiro do que continuar no estúdio. Meu chefe definitivamente me detesta, eu acho que eu sou a pior funcionária daquele lugar! E nesse outro tenho impressão que eu ia me dar bem...
_Cara, olha, sem ofensas... Mas quem em sã consciência te colocaria pra trabalhar com moda?! Tipo, né, você?!
_Nossa, hein, obrigada pela parte que me toca. Vou lá jogar meu armário inteiro fora...
_Não quis dizer isso... – ela riu, batendo de brincadeira na minha cabeça – ...eu gosto das suas roupas, mas é que... não dá, né?! Eu já fui cobrir vários eventos de moda, set de publicidade... é, tipo, o meio mais sapatão de São Paulo.
_Uai... Então, meu! Perfeito.
_É. Não se você quiser manter seu emprego, né... – me zombou.

E você está implicando o quê, por um acaso?

14 comentários:

Pathy disse...

a FM gostando da Carol?????? nãããããoo.. heheh

Tô até "vendo", consegue o emprego e pega a mina que a contratou.. UAHUHAUAHUAHUA


Marina <3

Gabriela disse...

Como me faz falta ler isso aqui. Já faz parte do meu cotidiano .

Anônimo disse...

Acho q a Marina implica demais! Deixa a mina comer, ops, viver a vida dela! ;)

Anônimo disse...

Hahahaha
Definitivamente a Marina faz valer o dia.

Raianny disse...

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!

FM tão séria, parece mais madura, apesar de estar pegando as menininhas e sendo a velha FM de sempre, sinto um ar diferente nela...

Marina, uma linda S2


Mel, a ideia da trilogia mto me agrada, pensaa, uma saga de Fucking Mia? UAU

=*

Anônimo disse...

Nuuh, li num tapa esse post. Esse efeito vicioso que esse trem causa é violento...=D

Estou na espera(tortura) por mais...
;p

Anônimo disse...

aaaaaai Mariiiiiiiiiina ♥

c' disse...

marina linda linda linda.

qero mais posts. Fuckin' mia vicia. icia.

'duuda disse...

chegar em casa depois de um final de semana na praia com post aqui *-* final de final de semana excelente! hahaha
e sobre o post, aaaii marina <3

mari disse...

já estava com saudade dessa história foda viu, a Marina é uma linda mesmo...

Anônimo disse...

Af, quero a Marina pra mim ♥
HAHAHAHAHA.

Cris Ferreira disse...

Marina é muito amiga parceira! =D
Eu gosto disse nela..

Anônimo disse...

MA-RI-NA!!!

Babaloodeuva disse...

kkkkkkk
A Marina tem um jeito todo particular de dar uma força kkkkk Adoro!!
me lembra um amigo meu.