- »

março 25, 2012

Nove-décimos

Escorreguei o tênis de leve para a esquerda, alinhando a borda do meu All Star à sombra do assento que eu ocupava. O metrô corria silencioso. A próxima parada seria a primeira de duas curtas estações que separavam a produtora onde trabalhava das redondezas do meu apartamento. Um garotinho hiperativo – como eu também, na sua idade, fora – importunava uma cearense cansada que estava sentada ao meu lado, enchendo quem presumi ser sua mãe de perguntas. Observei-o e sorri por um instante. Ele passou a prestar atenção no que eu fazia com os pés. Não o olhei mais; tentava há horas apagar a conversa com a Mia da minha cabeça.

Num vagão, onze ou doze pessoas dividiam os bancos disponíveis em excesso para o horário. 20:03. Estou saindo tarde demais de lá, todo dia. Passei a mão no rosto e apoiei novamente no encosto, já um tanto largada. As portas se abriram e os passageiros do Trianon-MASP entraram. Monotonia absoluta. Por que eu ainda a machuco assim?, me arrependi. Desde que a Mia e eu resolvêramos falar “sinceridades” uma à outra, tudo parecia estar tão acumulado e de tal forma dentro de nós que cada conversa culminava em uma verdadeira catástrofe. E eu bem gostaria de culpar o beijo da festa pelos ânimos agitados, mas a verdade é que estávamos nesta desde a noite do pôquer. E a merda de garota só viera depois.

Inferno. Apoiei os antebraços brevemente sobre as coxas, curvada para a frente, e em seguida tornei a me encostar inquieta contra o banco. Pára de pensar na Mia, porra. Soltei o ar e olhei para frente – uma garota estava sentada fileiras adiante, numa cadeira. Ela tinha os olhos castanho-esverdeados e uma das laterais da cabeça raspada, como muitas que andavam na Augusta. O cabelo moreno caía liso, com leves curvas, do lado oposto. A observei por algum tempo sem qualquer intenção, o seu olhar distraído na janela, e então abaixei a cabeça. Tornei a olhar para as sombras no chão. Ajeitava os meus tênis, paralelamente.

O autofalante então anunciou: “Próxima estação. Consolação.” As pessoas começaram a se aglomerar nas portas, mudando a distribuição do vagão. A garota também se levantou. Poucos instantes depois surgia, do lado de fora e bem-iluminada, a plataforma que eu frequentava diariamente. Os novos passageiros esperavam em pé atrás da linha amarela. Parada brusca, portas abertas. O movimento intenso durou por alguns segundos. E logo fecharam-se novamente. Eu, por algum motivo, porém, não desci. Continuei na linha, atrás de sabe lá o quê.

Restavam menos pessoas no vagão. O garotinho também descera, quase todos da primeira viagem. Senti que precisava ver a Clara; tinha um sentimento estranho, não sei. A direção era aquela – continuei até a estação mais próxima do seu prédio e saltei, como se aquele fosse (o tempo todo) meu destino. Tomei um táxi na rua. O céu ameaçava com nuvens de chuva, cheguei bastante rápido e o porteiro me reconheceu, deixando que eu subisse. Mal toquei a campainha, anunciada certamente por ele, e ela atendeu. Estava bem-arrumada, os cabelos soltos e os ombros de fora numa bata hippie chic branca. Era estranho que eu estivesse ali, sem avisar; mais ainda tendo a visto ainda naquela manhã.

_O que você está fazendo aqui? – me perguntou desconfiada, sorrindo.
_Não sei. Eu... – passei as mãos no rosto, percebendo só então a tamanha idiotice em me encontrar ali de repente – ...não sei, desculpa! – ri.
_Eu tô jantando com uma amiga – ela riu também, realmente linda –, quer entrar?
_Não, meu, eu... eu já vou.

Excelente. Agora ela pensa que eu sou louca, psicopata! Me detestei em frente à sua porta, parada no corredor. Maldição! Era só o que eu precisava agora. Mas, não... espera, que amiga?! Fiquei em silêncio, não indo por alguns instantes. Ciúmes. Ela me olhava sem entender nada – e eu só podia estar desregulada mesmo; qual era o meu problema? Me deixar tomar por uma babaquice destas! Me preparei para sair, objetivando ignorar a dúvida na minha mente, mas então mudei de ideia e me aproximei, dando-lhe um beijo sem motivo algum. Dos intensos, demorados. Senti uma melancolia tomar conta de mim.

_Está tudo bem? – ela riu, ao final.
_Eu não sei, talvez.
_Bo?
_Eu... sabe, eu gosto mesmo de você – confessei e ela me olhou um tanto feliz, um tanto confusa com a declaração inesperada – e eu, sei lá, não sou boa nisso. Mas, enfim, só achei que você devia saber...

Saber, entende, a diferença que me faz. Ela sorriu, lhe disse um “garota” no fim e ela gostava disto. Me beijou num abraço carinhoso antes de fechar a porta – e voltou, sem admitir porém, mais feliz para o seu jantar. Andei para o elevador, ainda assim, com um incômodo dentro do corpo. Era a certeza que me desviara do caminho, que me fizera ir vê-la naquela noite. De que as coisas, agora, mudariam entre nós. Comigo, com a Clara – e como eu não queria, cacete, que mudassem. Mas havia, dei-me conta, um décimo incontestável da Mia que continuava ali. E o meu humor de merda, naquele e nos últimos dias, era a prova de que eu não conseguia ignorar.

56 comentários:

Anônimo disse...

CHOREI.

Vitória Régia disse...

não sei de que lado fico, mia ou clara? OMG ><

Lilization disse...

Tô vendo a Clara se estrepando em 3, 2, 1... :)

Juliana Nadu disse...

Decepcionada.

queria que o caminho tivesse outro rumo. =/

Anônimo disse...

Que mané certeza FM, tu ama a Mia e ponto final.


#TeamMia forever kkkk =]

Bibi disse...

Clara, Clara, Clara.. Inegável que a FM gosta dela, mas totalmente perceptível que ela só é procurada desse jeito quando a FM está prestes a ser tomada por completa pelo seu sentimento pela Mia. A Clara é uma válvula de escape pra FM negar ou ao menos tirar de foco o que ela sente pela Mia. Cadê a Mia procurando a FM, jogando ela na parede e tomando um pouco as rédeas dessa história?

Anônimo disse...

Tbm queria que o caminho tivesse outro rumo!

Anônimo disse...

Me diiiiz porque que a gente não vive em uma cultura poligâmica?! Ter que escolher entre Clara e Mia é impossível!
Mas me forço a não cair de joelhos pela Clara, #TeamMiaForever

Anônimo disse...

Na boa, a FM só faz burrada. haha

E na Mia falta atitude.

Espero que a Clara esteja jantando com outra garota u.u

#TeamMia

Anônimo disse...

Aii gente! pelo menos ela ta vendo as coisas de outra forma e nao mais com raiva que nem no cel... ceis nunca tao feliz com a FM!! torço pela mia, mas axo interessante como a clara afeta a historia =D

Anônimo disse...

POR FAVOR FM, FIQUE COM A CLARA E DEIXE A MIA PRA MIM ! Grata.

@sapatown

Anônimo disse...

AI esses momentos que só a FM tem....
E agora? Ela vai tentar falar com a Mia de novo pra livra a consciência um pouco?

Bibi disse...

No meu ver a Clara não "afeta" a história, ela só adia algo inevitável entre a FM e a Mia.

Anônimo disse...

Aeeee!!! Adorei isso <3 TEAM CLARA!!!

'duuda disse...

estou confusa até o último fio de cabelo, e prefiro não me posicionar nos Team's até resolver isso comigo mesma. grata. hahahaha :*

Anônimo disse...

FM, você está fazendo isso errado (de novo).

Anônimo disse...

To quase me apaixonando pela Clara...hum...

francielli# disse...

team clara ...

francielli# disse...

team clara .. chega de chorar chega de sofrer

Gabriele disse...

Nossa meu, senti como se eu estivesse terminando um namoro(?) kkkk muito bom e que peninha do futuro da Clara :(

Anônimo disse...

Uh, team Mia forever!
Essa história está mal resolvida, Clara é querida, etc mas o amooooooorrr da FM é Mia. Ponto.

Anônimo disse...

Adoro a Clara e amo a Mia! Tem como a FM ficar com as duas?

Anônimo disse...

POST COM A MIAAAA, POR FAVOR.

Anônimo disse...

Agora é a hora certa de ir à casa da Mia. *--*

Pathy disse...

Team Mia, Team Clara.. cadê a Patti hein?! HAHAHAHAHAHAHAH

Anônimo disse...

Essa declaração da FM no final, dizendo que gostava da Clara e queria que ela soubesse me soou muito como uma despedida, mesmo que inconsciente. Tipo "quero que saiba que gosto mesmo de você, mas no fim isso não vai dar certo, não vai mudar o fato de que eu gosto mais de outra pessoa" Tipo como se fosse um conforto pra fim de relação.

Bibi disse...

Yes yes yes!

Bibi disse...

1 décimo que foi maior que os outros nove... foda =)

Ianca' disse...

Comentário sobre o primeiro parágrafo antes de ler o resto: como sabia que a mulher era cearense? hahaha

( the girl fucking Mia ) disse...

Pela conversa e as perguntas ;)

Rolou algo assim (mas no ônibus) recentrmente comigo... rs

Ianca' disse...

Bateu a bad :/ Não faz isso Mel :(((

@carolcastr disse...

Eu adoro a Clara... maaaas... #TeamMia4Ever

Anônimo disse...

tá... já se despediu da Clara.
próxima parada: casa da Mia!

Dea disse...

Bom, o blog se chama Fucking Mia, né? acho que a maioria das leitoras (inclusive eu!) esperam um final - óbvio, porém, não menos sensacional - com a dona do nome do título. ENTENDEU? hahahahahaha! :) Pronto, tou com menos raiva dela agora... admitir é o primeiro passo para deixar de ser cuzona. Agora as coisas vão se encaminhar com mais leveza. É óbvio que ainda temos o Fer e ainda temos o término com a lindafofadelícia da Clara (olha eu prevendo futuro), mas tudo há de ser mais leve...

Anônimo disse...

Mel, tá perto do fim? =(

Anônimo disse...

tem que rever quantos décimos é de quem nisso ae! hahahaha

Anônimo disse...

Mel na história a quanto tempo a Mia e o Fer namoram? Agora que me ocorreu essa duvida deve fazer pouco mais de um ano né? Pq quando o Fer traiu ela, ele disse que já fazia 9 meses que só comia ela rsrsrs Bateu curiosidade. Esse post me deu um apertozinho no coração, parece muito que a história tá chegando ao desfecho final. Não sei se quero um fim meu. Pelo menos não tão cedo ahsiuahsaiu Parabéns Mel, a cada post vc se supera!

( the girl fucking Mia ) disse...

Não, faz bem mais. Porque esta conversa do Fer com a FM já faz eternidades! E às vezes tem alguns saltos de meses no blog... preciso fazer as contas, mas no mínimo 2 anos já!

Anônimo disse...

sab o q eu vejo?
FM, se dando conta tarde d+, ou melhor, adimitindo tarde d+ q ela não é a unik q sofre nessa confusão... + isso vai ser legal, pq quero ver ela lamentar e querer compriender a Mia, + esta tambem não quero q der suquinho, quero q ela sofra e depois sinta odio de FM... E sobre a Clara,FM minha kra, isso q vc esta sentido pela Clara, se xama motivo para não ir atraz sa Mia... Não amore, a Clara é a tua segurança para não ir em direção a Mia querida, pq dúvido se não deu vontade de ir... dir lá, por os pontos no I, + não a Clara é o foco para vc mente a si mesma q ama a Mia... Q sempre amou e não da, não da mesmo para fugir disso...

BY: Bruna ^^

Gabi disse...

to vendo as pessoas falando q parece q já tá perto do fim, mas assim, por mais q eu queira q FM fique logo com a Mia, eu acho que quero muito mais q a história dure bastante tempo ainda...
então, Mel, enrola bastante, prq eu ainda não tô pronta pra q essa história sensacional acabe! ;)

Anônimo disse...

Só eu não entendi o que significa
"- Bo?"
É alguma giria??
Ju

Anônimo disse...

Meeeeeo, eu vo morre aqui! ;@

Bibi disse...

((Ju))
Lê o post "Redirecionamentos" de Fevereiro...daí vai entender o "Bo" e o "Bi"... ^^

Bju

Anônimo disse...

Anônimo:
É um apelido carinhoso entre a Clara e FM, ou "Bi e Bo" haha :T

Anônimo disse...

Aaaaaiiiii, genteeeeee!
QUANDO sai um post novo?
Uma semana já, estou passando mal aqui, ajudaaaaa Mel! rsrsrs
Sério, tô roendo as unhas e esperando/torcendo pra FM ir falar com a Mia. Direto, não por telefone!
bjo Mel, parabéns que ta ótimo!

Bibi disse...

Mel? =(

Anônimo disse...

Oi, gente
Mel, quem sabe um post novo com muita conversa (e outras cositas mas) da FM com a Mia de presente de Páscoa, hein?
Pufavô, coelhinha...kkkkkk
bjooo

Sam disse...

Meeel, não faça isso conosco! Poste, poste, pfv. *-*

Anônimo disse...

Oi?
Sumiu todo mundo?
Quando vai continuar, Mel?

Anônimo disse...

Ah, Mel, agora que vi no twitter que vc estava doente. Melhorou querida?
Espero que esteja tudo em ordem, um grande beijo.

Luiza disse...

mel, postaaaaa!!!

Débora Brito disse...

Meeeeel isso é tortura né? Post novo pleaseeeeee

Débora Brito disse...

Meeeeeel, isso é tortura né? Post novo pleeeeeaseeeeee *.* rsrs

TekaSak disse...

Alô?
Alguém sabe da Mel?
Mel, não nos abandone! Please!!!

Anônimo disse...

Então é isso, nunca mais vai ter post novo?! :(

Raah disse...

Clara T1