- »

março 10, 2011

Portas, portas, portas...

A porta da frente mal havia batido atrás da Mia quando eu abri a do meu quarto, indo para o corredor. Furiosa, comigo mesma, com a droga da situação toda. Estávamos batendo o recorde de estrondos dentro do apartamento naquele dia, uma porta atrás da outra, puta que pariu. O Fernando se recuperava da discussão na sala, fumando um baseado que o denunciou ali antes mesmo de eu poder vê-lo. Andei até o fim do corredor, ele estava sentado na poltrona perpedincular ao sofá e eu, perdendo a cabeça por saber que a Mia havia acabado de sair dali, machucada. Marchei até ele, afundada no meu próprio orgulho, e apontei a porta de entrada, com raiva, começando a falar:

_Vai resolver! – olhei bem nos seus olhos, encarando-o – Vai resolver essa merda!
_Quê?! – ele se indignou, surpreso – Eu não tenho nada pra resolver, quem tem que resolver é ela!
_Não interessa!! Vai resolver... essa... – senti meus olhos se encherem de água, de repente, sem entender por que – ...essa... droga! – não demonstrei, encarando-o com raiva.
_Que diferença faz pra você, caralho?! Se ela quer ir embora, ótimo – deu um trago, fingindo indeferença, nitidamente abalado com aquilo; eu mal conseguia ouvi-lo falar aquelas babaquices – ...eu não quero ela aqui. Por mim, ela não precisa mais aparecer nessa porra dessa casa; nunca mais. Foda-se.
_Escuta aqui... – senti aquilo me doer, apertando o meu peito – ...a Mia... a Mia saiu do meu quarto chorando a... a merda do coração pra fora... e sabe por quê?! Sabe por quê?! Hein, caralho?!? – encarei-o, sentindo a minha respiração acelerar ainda mais – Porque por... por algum motivo estúpido e... e... deplorável, ela… ela te ama. Ela ainda te ama, seu babaca. Ela te ama e não consegue conviver com ela mesma! Por causa do que ela fez!! Agora, me escuta... – eu o ameacei, indignada – ...se essa garota sair daqui hoje se sentindo um... um lixo... se achando menos... ou desmerecedora dessa porcaria desse namoro, de você, Fernando... se ela... se ela andar pra fora desse prédio acreditando em uma palavra do que você disse hoje, uma palavra sequer... meu, eu tô falando sério, você vai se ver comigo. Eu não vou te perdoar; você levanta dessa porra dessa cadeira agora e vai resolver essa merda!! – levantei a voz.
_E desde quando isso é assunto seu, caralho?!? – ele gritou comigo, se levantando na minha direção – se você quer saber, eu acho mesmo que ela é. Acho que ela é tudo isso, tudo, e se ela sair daqui se sentindo um nada: por mim, que se dane. Eu não vou correr atrás dela. Já deu, chega dessa porra. Que se foda, porra.
_Cara, você realmente se acha melhor do que ela, não?! – eu o observei, sem acreditar naquilo – Hein?!? Se acha, não se acha?! Você vai mesmo deixar ela sair daqui se odiando, não é, por uma merda qualquer... – meus olhos já estavam secos, agora revoltados – ...se achando suja, achando que cometeu o pior crime do século contra você... que te magoou, te feriu; que fez uma coisa tão imperdoável, tão... tão terrível, não é?! – encarei-o – agora, me diz, o quão “terrível”, o quão imperdoável e “sujo” será que você se sentiu enquanto estava enfiado naquele quarto, nem cinco meses atrás, comendo a droga da sua ex-namorada, hein?! Porque, na boa, Fernando, se a sua moral está tão ofendida agora, imagino que você não deve ter conseguido dormir no dia seguinte, não é, caralho?! Você deve ter contado tudo pra Mia, imediatamente, no segundo em que a Júlia saiu andando daqui... não contou?!?
_Cala a boca...
_Contou ou não contou?!? Ela sabe?! A Mia sabe?!? Ou ela tá se odiando gratuitamente, hein, Fer?! Aí, do outro lado dessa porta... – briguei com ele – ...se sentindo uma vagabunda de merda enquanto você fica quieto aqui, se achando muito acima dela!!
_Não é a mesma coisa... – ele murmurou, me detestando horrores.
_Não é?! Me explica então, porra, que parte é diferente?!?
_Mano, sério... – ele passou por mim, encerrando a conversa e indo para o corredor – ...não se mete.

Covarde.

Vi-o fechar a porta do quarto, logo em seguida. Que se dane. Coloquei o cabelo para frente, cobrindo os dois lados do pescoço, e saí pela frente do apartamento, já do lado de fora, na esperança de ainda encontrar a Mia ali. Não posso, me prometi mentalmente, não posso deixar ela ir embora assim. E com “assim”, eu digo, brava comigo e consigo mesma. Com tudo, aliás, menos com o idiota do Fer – argh. Não suportava a idéia de deixá-la magoada, aquilo estava me sufocando por dentro.

Olhei para o lado do elevador, meio descrente de que iria vê-la, mas lá estava ela. Ufa. Senti o nó apertado no meu estômago alacear na mesma hora, ao encontrá-la. Encostada na parede oposta à do elevador, com o rosto semi-escondido numa das mãos e o celular na outra, digitando qualquer coisa, aparentemente. Não fazia nem quatro minutos que tinha saído, tempo suficiente para a minha discussão com o Fernando. Caminhei inquieta, e apressada, até ela e ouvi o elevador chegar, merda. A sua cabeça se ergueu e ela me ignorou, com a óbvia intenção de dar o fora dali.

_Mia, espera... por favor, você entendeu tudo errado.
_Você não precisa fazer isso... – ela desviou de mim, indo para o elevador.
_Preciso, sim. Preciso, porque eu não quero te magoar também, porra! Não hoje. Por favor, meu, fica. Olha, eu juro, eu juro que não foi nada! Uma menina... me... me atacou enquanto eu… estava muito, mas muito chapada mesmo... na casa de uns amigos, depois de uma balada, e não foi nada. Meu, eu... não troquei um beijo sequer com ela, eu...
_Na boa, não quero que você se explique – ela seguiu em direção ao elevador, ainda chorando pela discussão, mas em silêncio.
_Não, me escuta, porra... Eu sei que parece que eu estou sendo eu, como eu sempre sou, mas... eu juro que não. Não dessa vez. Eu... eu não fiquei com ninguém. Eu não queria ficar com ninguém e eu... eu disse isso pra ela, disse pra todo mundo. E ainda tomei o maior esporro do meu amigo, pô, eu...
_Você pode ficar com quem quiser – ela segurou a porta do elevador com força e me olhou, meio rancorosa –, eu não vou falar nada. Eu não deveria ter falado nada, eu... Eu acabei de passar a noite com o Fê, porra! Eu nunca deveria ter falado porcaria nenhuma, você não tem obrigação nenhuma comigo, nunca teve... – ela fez parecer ser minha culpa, as lágrimas escorriam pelo seu rosto – ...não é da minha conta o que você faz ou deixa de fazer na sua vida. Muito menos agora. Sinceramente, você faz o que você quiser...
_Caralho, Mia... como você é cabeça-dura, porra! – segurei o elevador do outro lado, pela porta, e fiquei de frente para ela – Me escuta, cacete: eu não quero. Eu não quero ficar com ninguém. Ninguém que não seja você e eu não ligo para o que quer que você tenha feito... ontem, hoje, sei lá quando, porra! – a encarei, com sinceridade, sentindo meu coração bater inquieto – Eu preciso que você acredite em mim; que quando eu digo que eu quero que você fique, é porque eu quero mesmo; e se eu disse que não fiquei com a droga da menina, é porque eu não fiquei. Eu não estou mentindo para você. Eu não preciso mentir pra você, mas que inferno. Eu não quero. Eu não quero mais isso. E não quero que você não se importe com uma droga de um chupão no meu pescoço, não quero que você me mande fazer o que eu bem entender com a minha vida, porra... porque eu não vou. Eu não vou. Não mais... Você não entende, caralho?! Eu te amo.

Isso! Perfeito, fala mesmo, sua idiota! Eu e o meu ótimo timing, argh. Aquela era a primeira vez que as palavras, de fato, saíam da minha boca e entravam no seu ouvido desavisado. As três palavras, digo. E a Mia ficou parada, me encarando, em frente ao seu lado da porta do elevador. Eu a olhei de volta e suspirei, abaixando a cabeça.

_Eu sempre te amei, meu...

33 comentários:

Letícia disse...

muito, muito,muito bom..
Essa Mia é cabeça dura eim! pqp :x
SKKSAOSPASKAPOS, vou ficar na espera de mais! *-*

Looop disse...

Caralhoooo..demorou mais valeu a esperaaa!!!Ta lindo o Post, Mel!

'duuda disse...

OOOOOH MY *----*
olha essa FM coisa mais liinda!
sério, acho bom a mia se convencer >.<
hahahaha
beijooos :}

( Gih ;p) disse...

aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
MEU DEUS!
Meus olhos estão umidos!!
=S
Nunca quis tanto uma Devassa para mim!!!!

O amor é bom, mas o melhor amor do mundo é o inesperado!

thereza ohana disse...

oooooh fuck. e agora mia? cara, tá perfeito o post. e a ansiedade tá gritando aqui >< mia, mia, mia... o que será que ela vai falar? #esperandomais

Ianca' disse...

EU - TE - AMO #caidacadeira!

Nuss,muito bom, cara, tô muito feliz, muito tensa, muito apreensiva, o Fer é um merda, deixo dito ¬¬

Quero ver a reação da Mia *------* ou u.u

Mel, posta quando? quando? quero mais mew, por favor D:

Pathy disse...

Nãooooooooooooooooooo.. FM se entregou de vez!!!
Agora a Mia vai fazer oq quiser dela.. :( (Já fazia, agora intaum..)

Porra.. a FM foi tão romantica, do jeito dela, + foi!!! ♥

E agora que a Mia beija ela?! :D #Sonha

Jamile disse...

nhommmm ela falou que ama a mia =)))

Anônimo disse...

Mais... pelo amor de DEUS!

Anônimo disse...

isso é judiação com meu coração Mel, sério!
Toda liiiiiiiinda essa FM <3333

Dangerous . disse...

aaaah quee liindo , poha meu , Que perfeeeito *-*

LH disse...

Awwwnn... Que cute!
Fiquei até emocionada :P

Amei o post!

Anônimo disse...

NOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOSSA ! :)))

Ariqueiroz disse...

Mel e a sua capacidade de me tirar a paz, as noites de sono e sei lá mais o que. Mia cabeça dura, sei como a FM se sente. Nossa, passei um diálogo muito parecido na minha vida já. E pra ser sincera, quero que o Fer descubra logo.

Monica disse...

PUTAQUEOPARIU


TOH CHOCAAAAAAAAAADA


HAHAHAHAHHAAAA


altas emoçoes por viir

aiin seniorrrrrrr

lu disse...

D+

fazneime disse...

MORRI com o final do post so isso que tenho a dizer *---* HAHAHAHA'

Clara disse...

FM fofa hahah ela tava há muito tempo se impedindo de fazer isso e faz justo nessa hora? post incrível como sempre

Anônimo disse...

E quando a gente acha que já leu tudo vem a FM e muda a história.
Ótimo post. Acompanhando quieta, porém apreensiva hehe
Beijo grande.
Lalá

Carol Carriel disse...

Manoo que cena tri foda.

Hey Mel, nao ia postar todo dia!?!?
*--*
rsrs

R. disse...

Ok mel, eu te perdoo pelos 4 dias sem posts, ainda mais pq vc passou dois deles comigo haha

Mas caramba, oq foi esse post?? E qual vai ser a reacao da mia, tipo ela claramente falando ainda ama o fer, nao sei, nao sei, nao sei.

Ahhhh -> momento tiete louca haha

Posta mais? *carinha de anjinha*

Ps: quando vc muda pra ca?

Gabriele disse...

AIN amei *___*
acho que a gente merece mais post né? 5 dias pô

Dea disse...

o problema das pessoas é que quando se encontram numa situação muito intensa, acabam por aflorar muitos sentimentos e fazer o oposto do que tinham planejado ou do que era esperado. na verdade, nem sempre é um problema... às vezes é solução... né? :)

eu sei que não faz nem doze horas que você postou, mas, cara, sério mesmo, bonitona, POSTA-DE-NOVO. eu sei que eu vou me decepcionar com a Mia, foda-se. mas posta só pra eu ter certeza.

ps: leio e releio o cartão de vocês duas toda hora (L).

Letícia Luthor disse...

Agora fudeu!

Lud disse...

ee Mel. o povo ta viciado hein .. rs'. Todo mundo desesperado à espera de mais um post.

A coisa ta pegando fogo, saindo do controle.

Tá cada dia melhor. Só fico ansiosa pelo desfecho dessa história.. hehe

Bjo!

S. disse...

Mas que post lindo *__*
Adorei mesmo!

Marina disse...

Ixaaa...só eu e a FM achamos inapropriado o momento pra falar isso? Oo
Timing perfeito -NOT haha

Catarina disse...

OWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWN. Que fofo! OWN. OWN. OWN. Linda. Awn. To apaixonada. HAHAHA.
Quero mais.

sissi disse...

Por te falar eu te assustarei e te perderei? Mas se eu não falar eu me perderei, e por me perder eu te perderia
Clarice Lispector

Lud disse...

Dois dias sem nenhum post .. :/

Anônimo disse...

Sissi arrasou.
Acho que agora TGFM se ferrou de uma vez. Mia vai tortura-la. AMiga ciumenta sacomé?
Bjs
Ju T

Milk :D disse...

EU TO CHORANDOOO DDD: hahahah

sério ):

AAAH MIA, não faz isso com a FM coitada ):

Tais disse...

FM deu uma de macho querendo bater de frente com o Fer, se humilhou pra dar satisfações pra Mia e ainda disse as 3 palavras mágicas pra garota que provavelmente vai dar meia volta e ir embora como se nem tivesse ouvido.
Se a FM tivesse tentado me irritar de propósito ao máximo possível num único post, não teria tido tanto sucesso.. --'