- »

dezembro 31, 2010

E vice-versa.

Merda. Assim que pisei de volta dentro do estúdio, me bateu um arrependimento violento por cada palavra que tinha acabado de sair da minha boca. Sua imbecil. Às vezes, não sei o que diabos se passa pela minha cabeça. Aliás, raramente qualquer coisa que eu faço detém um mínimo sentido. Mas que inferno. Passei as mãos no rosto, tentando me livrar daquela culpa filha-da-puta e tudo que eu conseguia pensar era se ia, realmente, deixá-la ir embora brava comigo.

Mas que hora, hein, para dar pitizinho... sua idiota. Andava de um lado para outro na recepção e a japonesa me observava sem entender porra nenhuma, como se eu fosse uma surtada lunática. A mina vem aqui na maior boa vontade, falando que queria te ver, toda maravilhosa e a única coisa que você faz é defender a droga do seu amigo. Porra. Eu sou uma viada mesmo, viu, caralho. Que inferno... mas que inferno! Passei novamente as mãos no rosto e aí engoli meu orgulho.

_Onde você está? – perguntei pelo celular.
_Por que?
_Não vai embora assim, meu... me escuta. Me fala onde você está.
_Cara, o que deu em você hoje?!
_Nada. Eu sou uma babaca. Cadê você?
_Tô na rua de trás.
_Fica aí, meu. Não sai daí! – desliguei o telefone e virei para a secretária do meu chefe, que me olhava, agora intrigadíssima – ô, segura as pontas pra mim aí? Eu já volto. Sério, cinco segundos.

Virei a esquina o mais rápido que pude e andei pela calçada, sem qualquer pensamento na cabeça, querendo só chegar. Logo. Dei a volta no quarteirão e a vi ali parada, encostada num muro qualquer, me esperando. Mesmo de longe, já podia ver a sua impaciência com a situação. E, poucos metros mais a frente, o ponto de táxi... onde ela provavelmente queria chegar. Me aproximei, sem saber ainda o que dizer, e encostei ao seu lado na parede.

_Desculpa... – peguei na sua mão, sem pensar – ...eu não sei, eu... é complicado. É o Fer e ele... ele é meu amigo, porra. Eu gosto dele pra caralho. Não dá pra... pra achar que... que tudo bem, que a gente está certa. Porra, eu estava errada... na sexta. E ele tá tentando, sabe. Ele queria acertar as coisas entre vocês e, no fundo, eu... sei lá. Por um lado, eu... queria até que desse certo, queria mesmo. Mas por outro... é você, saca. E eu... eu gosto muito de você... – respirei fundo – ...então, não queria de verdade que... desse certo. Sabe, às vezes, só queria que você fosse mesmo... minha. "Às vezes", não; está mais para... o tempo todo.
_É isso que eu não entendo! – ela retrucou, indignada – quando eu, sabe, sei lá, me pego pensando em você... do nada, você vira e...
_Me ignora – argumentei, cortando ela, e ri – Pelo amor de deus, só me ignora. Eu tenho sérios problemas.
_É... – ela olhou pro chão – ...tem sido meio difícil te ignorar com você... me... pegando e... me levando pra pistas no meio do escuro e... sendo... você... o tempo todo... comigo.

Que gracinha, eu a olhei e sorri. Então, a segurei pela cintura, subindo a que antes se entrelaçava nos seus dedos, e a virei para mim. Acariciei seu rosto, admirada, e me movi na sua direção. Deitei a cabeça lentamente e a beijei. Pra variar, damn. E aí ela, esquecendo-se da luz do dia e das redondezas, me beijou de volta. Eu a abracei e a segurei enquanto podia. Ia tomar a maior bronca se demorasse demais, se alguém percebesse. Ah, que se dane. Ela afastou o rosto do meu, quando o beijo acabou, e me olhou como se fosse me dar uma bronca.

_Você fode a minha cabeça, sabia? – me encarou, achando graça.
_Eu?! – a olhei de volta e comecei a rir.

Se você soubesse o que faz com a minha, garota...

13 comentários:

francielli# disse...

envolvente os ultimos post´s ... adoro essa quimica que rola ..

'duuda disse...

AMEEEIIIII! *-*

- Tucca disse...

PUUUUUUUUUUUTZ, muito bom Mel, os três posts! Que lindinha, parece que a Mia tá na mesma situação que a FM com relação ao que cada uma pensa da outra hein... O pior é que isso é mais comum do que parece ser, rs.
Enfim, meu eterno parabéns pra Mel :D

Clara disse...

Aah amei! Finalmente deu pra ver um pouco a Mia insegura, correndo atrás, sentindo as mesmas coisas que a FM.. parabéns, Mel, muito bons mesmo esses últimos posts do ano:)

Escrevendo isso por acaso me lembrei que a FM não tem nome, e cheguei à conclusão que nenhum nome combinaria com ela e, apesar de a gente raramente perceber isso, dá um toque muito legal à história toda.

Ianca' disse...

aah que confusão mano, aiai, o futuro reserva coisinhas :P

Monica disse...

aeeee......... \o/

poutz... lembreii daqla do Blink 182 agoraan... you fucked up my life ♫

podre podre podre...

isso daki tah d+...

kero ver maiis!

tkx MEL

Jamile disse...

que ótima maneira de começar o ano novo, três posts da mel. hahaha
nossa essa Mia é muito gamante, para com isso!
mas foi a luz do dia no meio da rua, alguem viu néeee? =(((
ah eu amo as duas, parabens mel *-*

R. disse...

nada a comentar além de: fofo *-*

(e saudades mel (e noelly), feliz ano novo pra vcs ^^)

Anônimo disse...

ooooooooooooooooooooooooown *-*

Carime disse...

ai paaaara, me senti ali na quela situação, deu até vontade de chorar rsrs! FOFAS. <3

Glaucia disse...

Mas mel a luz do dia, ponto de taxi, varias pessoas.
Alguêm viu né?
e agora? O.O

conte-nos. :P

Rayssa disse...

A damn AHUHA fofas, nham Mia T1T1

como sempre perfeito neah Mel, vou comprar um dicionário de sinônimos pra continuar a elogiar,pq acho que ja esgotei os que conheço rs
Parabens!

E ah #NoellyHot vemk que to com saudade .6.

Anônimo disse...

Porra, incrível o post! Lindo, lindo, lindo! Demais. Mesmo.