- »

abril 17, 2010

Sunshine, lollipops... ♫

Cinco horas de sono e eu cheguei no apartamento com a maior cara de pau do mundo, cantarolando pela porta, à meia-noite passada. Olhei para o Fer, que estava sentado com a Mia no sofá, e sorri satisfeita. Nada como uma cama de solteiro, pensei e ele riu da minha felicidade pós-travesseiro. A Mia apenas olhou brevemente para mim e levantou para pegar outro pedaço de pizza na mesa, ignorando a minha presença. E eu ignorei a dela também – estava num humor fantástico.

Deixei os dois pra lá. Passei pelo corredor, deslizando uma mão em cada parede e cantarolando qualquer coisa. Entrei no quarto, ansiosa por mais um pouquinho de atividade indecente. Fechei a porta atrás de mim. A Dani estava sentada na cadeira do computador, encarando o tédio na internet há horas, e me olhou com cara de poucos:

_Onde você estava? – ela perguntou, quando me viu.
_Na casa do meu amigo... – respondi, achando graça.
_Amigo? “O”? Homem?!
_É.
_Até essa hora? Desde a hora que você saiu até agora na casa de um amigo? – ela levantou as sobrancelhas, cheia de suspeitas – De um cara?
_Sim, Dani... – eu comecei a rir.
_Por que você está rindo? – questionou, brava.
_Porque vocêêê... – eu ri, puxando-a pela mão, na minha direção – ...faz pode de durona, mas é igual a todas as outras menininhas que tem por aí. Olha esse ciúminho ridículo estampado na sua cara... – eu disse, abraçando-a, e ela continuou me empurrando para trás – Meu deus. Aposto que você ficou horas sentada aqui, imaginando com quantas mulheres eu estava, repassando na sua cabeça cada peça de roupa que eu poderia estar tirando delas e bolando um milhão de frases de impacto para me dizer quando eu passasse por aquela porta... – eu me divertia.
_Não fiquei, não... – a Dani se soltou e encostou na parede, desmentindo.
_Ficou, sim... – eu peguei ela pela cintura, de novo, achando a maior graça.

Pressionei o seu corpo contra a parede e beijei o seu pescoço. Ainda emburrada, a Dani me empurrou para longe dela.

_Não fiquei!
_Admite... – eu ri.
_Vai se foder... – ela retrucou, se segurando para não rir junto e para manter a sua pose de "indiferente".
_Você quer rir, não quer? Meu, você está tão, tão na minha... – eu continuava, rindo – É o seu fim! Fala que gosta de mim, vai... Admite... Pode falar! Ficou com ciuminho porque eu não vim para casa depois do trabalho. Não ficou? Ficou aqui me esperando, sentadinha, bonitinha e toda mordida de ciúmes. Por horas e horas e eu não aparecia. Ficou aqui me esperando, enquanto você poderia simplesmente ter levantado e ido embora, mas não foi... Não foi, né? Sabe por quê? Porque, ah, porque você não é mais aquela Dani que eu conhecia... Não, não... Você agora me quer.
_Mano, você é a garota mais insuportável que eu conheço! – ela riu, indignada – Que inferno!
_Você me ama, só admite. Vai. Diz que me quer...
_Não vou admitir nada. Vai se foder!
_Vem cá, vem... – eu ri e a beijei.

Brincadeiras à parte, a Dani andava mesmo me surpreendendo. Até eu andava me surpreendendo ultimamente. E aquilo me divertia. Agora de volta ao apê, com a disposição e todas as minhas más intenções recuperadas, levei a Dani para dar uma voltinha pelo quarto. Fomos da parede até a mesa, da mesa até a cadeira, da cadeira até o chão, do chão até a cama, da cama de volta para o chão e... Tudo de novo. A minha sexta só estava começando. 

11 comentários:

Nana disse...

elas são t]ao gracinhas (L)

Vanessa disse...

nossa, muito gay essas duas AUHAUHEUHA :D quem quer saber de mia? hahaha

Anônimo disse...

tdmundo derretendo pela dani rs. eh bom q ela distrai a GFM mas a mia ainda ta la no coracao ,galeere!! rsrss qro soh ver!!

Lu disse...

Cara, essa é a FM que eu conheço! D+....agora, Mel, pra que economizar nos detalhes... unzinhos, vai?!?

Betty Gibbons disse...

humm que delícia, recuperando as forças... bom demais!!!!

Ahhh e concordo c a Lu, Mel, detalhes vai... rsrrs

Anônimo disse...

Gente, na verdade queria um conselho... Bem, tenho uma namorada, e a um tempo atrás conheci aa sua ex. No começo nem me importei muito, mas depois passei a pensar nela o tempo todo, e quando dei por mim tinha uma vontade imensa por ela. Gosto muito da minha namorada, e não a trairia. Se fosse para fazer tal ato, preferiria terminar. Ela é muito ciumenta, e ultimamente temos brigado muito por causa dessa ex dela. Não tem motivos concretos, até porque tenho medo de me envolver com essa ex dela, no quesito de falar, conversar. O pior é que essa menina mexe comigo, tá mexendo. Muitas vezes penso que se encontrar com ela na rua ou em qualquer lugar, posso fazer uma besteira se ela me provocar muito. O que eu faço??
Agradeço desde já a quem puder me ajudar...

Larissa disse...

Ahh, tah muiito bom!
Adoro essa Dani (66 rs

E é isso aí Mel, mais detalhes neh, please! haha

;*

Luh disse...

Muito bom esse .. adorei .. +D .. anciosa por mais desta fase "casada" da FM..

★ Carla ★ disse...

"Anônima das 19:07", Oscar Wilde diria:
"Resiste a uma tentação e tua alma adoecerá de desejo pelo que lhe foi vedado.

;-)

Lu disse...

Por isso que volto sempre a este blog... tem até gente pedindo conselho! Anonima aqui vai minha opinião sincera...se sua atual é pro resto da vida, então termina com ela agora e vai atrás da outra, passa um tempo e tenta voltar... Senão, termina com ela, ué!
Noelly, não te falei que ex é sempre encrenca!
Espero ter te ajudado!

Anônimo disse...

Carla, essa frase é clássica, mas será que vale a pena trocar o certo pelo duvidoso?? À Lu, agradeço mesmo e de coração a ajuda dada. A ex dela conhece muita gente, e é como uma maria encrenca sabe? É bem capaz de se eu for atrás dela ela contar pra Deus e o mundo e minha namorada ficar sabendo disso entende? Não queria magoá-la de jeito nenhum, até porque me sinto mal nessa situação. Muitas vezes nos pegamos nessa situação e cedemos às tentações e acabamos por nos arrepender mais tarde. Será que vale a pena eu trocar meu relacionamento por uma aventura na qual se demonstra como um desejo desenfreado por alguém que tanto magoou outra e que agora se faz presente, confundindo a cabeça de alguém que acaba de entrar e se descobrir?? Obrigada desde já pelo carinho que tenho recebido de vocês. Muito obrigada mesmo!!