- »

janeiro 07, 2010

Armário

_Eu quero a do David Bowie.
_Não, não. Eu quero ser o Bowie.
_Mas eu sou a sua convidada, eu deveria ter direito a escolher minha camiseta primeiro, não?
_Claro que não, esse é o meu quarto e isso não é uma democracia. Eu quero o Bowie! Você pode ser o Iggy ou a Blondie.
_Você deveria ser a Blondie! Eu não sou loira, meu bem... você é.
_Bom, “meu bem”, o Bowie também é.
_Tá, tá... Então eu quero os Strokes.
_Você não pode ser mais de uma pessoa!
_Eu não sou mais de uma pessoa, eu sou uma banda... é o conceito, entende?
_Mas você não pode ser um “conceito”, você tem que escolher alguém.
_Ah, você é insuportável! – ela riu – ok, me dá a Björk.
_Você quer ser uma esquimó?! Sério mesmo?
_Cala a boca e vamos comer!

Eu ri e a Clara me empurrou quarto afora, vestindo apenas uma calcinha e a minha camiseta surrada da Björk. Eu era o Bowie – yes! – nós éramos duas pseudo-rockstars famintas após seis horas de sexo e discussões incansáveis, interessantíssimas. Precisávamos de comida e rápido.

6 comentários:

Lari disse...

foofo!!

anni disse...

sou obrigada a comentar, meu post preferido so far... simplesmente me apaixonei pela cena! ficou tudo lindo!

Luciana disse...

Hahahah ri alto. Que fofas!

@livia_skw disse...

Eu não me lembrava que a Clara aparecia tão no início da história.(É, parece que vou acabar comentando em todos os posts, haha).

Adoro esse post, é um dos meus preferidos. E acho que deveria virar uma tirinha, rs)

@livia_skw disse...

"I fuck like a girl."

fernandamvinhal disse...

Meu Deus, como as duas são tão lindas! Hahahaha