- »

janeiro 06, 2010

O sábado seguinte

Uma coisa não saía da minha cabeça: o que diabos a Mia perguntou sobre mim no Inferno?

A curiosidade dela me perturbou a semana inteira, mas eu não podia simplesmente retomar o assunto com o Fer. Seria burrice demais. Afinal, não havia motivo para eu me interessar tão insistentemente pelo assunto. Dia após dia, me torturei com a incerteza. Queria saber o que ela disse, palavra por palavra – na verdade, queria mesmo era descobrir até que ponto ela estava curiosa sobre aquilo tudo e, especialmente, sobre mim –, mas não podia perguntar para nenhum dos dois.

Conforme o fim de semana se aproximava, meu subconsciente elaborou um plano indiscreto para arrancar uma reação mais intensa da Mia. E sem perceber, acabei convidando a Clara para passar o sábado comigo. Assim que desliguei o telefone, caí na real.

Por que cargas d’água eu fui fazer isso?

Sempre fui mestra em me auto-sabotar e me colocar em péssimas situações, ainda que inconscientemente. Mas nos últimos tempos andava exagerando nas sacanagens alheias. Em especial, as que envolviam as garotas com quem eu já dormi. E isso era uma péssima estratégia amorosa caso eu quisesse ter um relacionamento real – e não ridiculamente platônico – num futuro próximo. Mas de qualquer forma, já estava feito.

E ela veio. Maravilhosa. A Clara tocou minha campainha lá pelas 11 da manhã no sábado. Abri a porta e dei de cara com aquelas pernas latinas perfeitas. Uma rápida olhada de cima a baixo me fez refletir: o pior que pode acontecer é eu passar horas na cama com essa mulher. Acho que dá pra correr esse risco. E não é que eu me orgulhe dos meus motivos egoístas, mas quem poderia resistir?

_Entra aí, linda...

Na casa, no quarto, no chuveiro, em mim. Onde você quiser.


Pelas horas seguintes, fiquei entretida com as curvas e os beijos da Clara. Tão mergulhada nos meus lençóis que me esqueci do mundo. Ela era fantástica e eu não pensei em outra coisa senão ela e ela e ela, durante a tarde inteira. Me desliguei de tudo, não prestei atenção... e não ouvi quando a Mia chegou.

3 comentários:

Lari disse...

ihh, vai da merdaa huahauahau to amando melzinha :]

Ety disse...

Caraca, tri legal, guria!!! Da onde tirastes tanta inspiração!!! Por favor Nãooo pareee!!!

@livia_skw disse...

Clara Clara Clara <3