- »

janeiro 04, 2010

Ressaca.

_Sobrou alguma coisa do seu quarto? – o Fer me perguntou, rindo, ao me ver entrando na sala.
_Nossa, ontem foi... – suspirei.
_É, eu sei... Deu pra ouvir.
_Desculpa por isso - eu ri.
_Você não parece nem um pouco arrependida – ele argumentou, ainda rindo, e eu fui obrigada a concordar.

Sentei ao lado dele e apoiei a cabeça no encosto do sofá, me sentindo cansada.

_E a Mia? Está aí? – perguntei, ainda de olhos fechados.
_Não, foi embora hoje de manhã. Ela... – ele hesitou por uns segundos - ...perguntou de você.
_De mim? Hoje?
_Não... ontem.
_Ontem?
_É... Enquanto você se agarrava com a sabe-se-lá-qual-o-nome-dela – ele sorriu, passando a mão na cabeça – ela ficou, sei lá, perguntando umas coisas de você pra mim...
_“Umas coisas”? – olhei para ele, interessada.
_Ah, não sei, meu... umas coisas – ele parecia desconfortável, como se quisesse encerrar o assunto, mas eu insistia em olhá-lo à espera de uma resposta melhor - ...você sabe, sobre você e a menina lá. Vocês pegaram pesado... – ele riu.

Continuei encarando-o, sem saber bem o que comentar de volta. Então, ele prosseguiu, tentando de certa forma esclarecer a reação da Mia.

_Tipo, não é como se... Sei lá. Ela tem um monte de amiga sapa, sabe? Acho que ela só ficou impressionada, eu não sei. Acho que ela não tinha noção que você curtia tanto outras minas.
_“Tanto”? – eu repeti, levantando as sobrancelhas.
_É. Você sabe, você é o cara – ele zombou, me oferecendo a cerveja dele, que eu aceitei sem considerar a minha cabeça já latejante da ressaca do dia anterior.
_Pois é... – eu ri, dispensando qualquer falsa modéstia da minha parte – mas eu achava que a Mia soubesse disso...
_Ela sabe... – ele riu novamente – ou você acha que eu não ia avisar a minha própria namorada que você come menininhas de café da manhã? Você é um risco para a sociedade.

Que absurdo.

_Credo, Fernando, você faz eu parecer pior que o Lobo Mau.
_Mas você é pior do que o Lobo Mau – ele riu e eu o empurrei para o lado, mandando que calasse a boca.

Babaca. Tenho que admitir, porém, que ele é um babaca necessário na minha vida cotidiana. O Fer é, sem dúvida, o meu idiota favorito. E, infelizmente, ele tem um gosto impecável para mulheres.

4 comentários:

giovanna disse...

ADOOOOORO !!

Luh disse...

Estou adorando , você escreve muito bem ...

Larissa disse...

Não consigo parar de ler *-*

Anônimo disse...

Na 18ª linha de baixo pra cima tem "tantos" no lugar de "tanto"... Tô relendo o blog e achei que devia comentar. Beijos Mel ;D